Faustin Linyekula, bailarino, coreógrafo e encenador congolês, é o convidado para a 3ª Bienal Artista na Cidade 2016, em Lisboa.

O artista congolês é o escolhido, depois de Anne Teresa de Keersmaeker, em 2012, e Tim Etchells, em 2014, terem sido os convidados. O coreógrafo vai apresentar vários trabalhos em salas e espaços de Lisboa e desenvolver trabalhos com artistas, estudantes e habitantes da cidade.

Faustin Linyekula nasceu em Ubundu, em 1974. O artista tem desenvolvido um trabalho na área da dança e no teatro, sendo que muitas das vezes inclui nos seus trabalhos a música ou o vídeo. Ao longo da sua carreira já colaborou com Comédie-Française, Raimund Hoghe ou o Ballet de Lorraine.

Desde 2003, o artista tem passado por Lisboa através do Danças na Cidade, alkantara festival e Maria Matos Teatro Municipal.

O seu trabalho também tem sido focado na experimentação e proximidade entre artistas e comunidade. Neste contexto, em 2006, funda o centro de residência Studios Kabako, na cidade de Kisangani. Este centro criou o projeto Pamoja que promoveu o intercâmbio entre a República Democrática do Congo (Kisangani), Moçambique (Maputo) e Senegal (Dakar).  Ainda neste ano, foi distinguido com o Prémio Principal do Prince Claus Fund for Culture and Development.

A Bienal Artista na Cidade tem os seguintes parceiros: alkantara festival, Câmara Municipal de Lisboa, Centro Cultural de Belém, Companhia Nacional de Bailado, Culturgest, Festas de Lisboa/EGEAC, Festival Temps d”Images, Fundação Calouste Gulbenkian, Maria Matos Teatro Municipal/EGEAC, Teatro Nacional D. Maria e São Luiz Teatro Municipal/EGEAC.