Dois às 10 e Goucha audiências
Fotografias: Instagram

Audiências. ‘Dois às 10’ e ‘Goucha’ lideram em dia de crescimento da TVI

Esta quinta-feira (22) foi um dia mais positivo para a TVI. Quase um mês depois, o Dois às 10 voltou a ocupar a liderança das audiências e também Goucha conseguiu vencer Júlia. No total do dia, a Quatro aproximou-se da líder SIC.

O matutino da estação de Queluz registou 3,6% de audiência média e 20,5% de quota de mercado, o equivalente a 342 mil e 400 espectadores. A edição desta quinta-feira do programa contou com um novo segmento ao estilo de O Preço Certo, chamado Acerta e Leva. A rubrica teve vários jogos e ofereceu cinco prémios, apesar de ter sido apenas um momento isolado no diário. Na concorrência, o Casa Feliz (3,2% / 18,1%), que foi apresentado apenas por João Baião, não foi além da vice-liderança, ao fidelizar, em média, 304 mil e 600 espectadores.

O formato apresentado por Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos voltou ao primeiro lugar na luta das audiências quase um mês depois da última liderança. A última vez que o formato da TVI tinha conseguido ocupar o primeiro lugar foi a 28 de junho e, antes disso, apenas a 14 de abril. Ainda assim, apesar de ter fechado as contas na dianteira, o Dois às 10 não liderou do princípio ao fim. Na SIC, o Casa Feliz roubou a liderança a partir das 12h30, quando estava no ar a Análise Criminal.

Na RTP1, o programa 7 Maravilhas da Nova Gastronomia, transmitido a partir de Santa Maria da Feira, entre as 10h e as 12h marcou 1,7% de rating e 11,7% de quota de mercado – a melhor marca de share desde a estreia. O formato conseguiu liderar durante os primeiros minutos, até ao início das apostas das privadas. No entanto, as 7 Maravilhas conseguiram ficar em segundo até às 10h50, atirando o Casa Feliz para o terceiro lugar.

De tarde o cenário foi também favorável para a Quatro. Goucha foi líder de audiências ao marcar 4% de rating e 17,6% de share. Atrás ficou Júlia (3,5% / 15,4%), que apenas tocou no primeiro lugar durante os instantes iniciais do programa. Em média, 377 mil e 400 espectadores acompanharam o formato de conversas da TVI, mais 47 mil e 600 do que aqueles que viram Júlia Pinheiro.

Os bons resultados nos principais programas de daytime contribuíram para o canal dirigido por Cristina Ferreira conseguir registar um resultado superior à média anual e aproximar-se da liderança. No total do dia, a SIC foi o canal preferido dos espectadores e alcançou 19,6% de share, um resultado uma décima inferior à média atual do canal. 1,4 pontos percentuais atrás, a TVI registou 18,2% de quota de mercado diária, mais um ponto do que a média. Já a RTP1 foi o canal que caiu mais face à média (11,3%). Longe da luta das privadas, o primeiro canal ficou-se pelos 10,3% de share diário.

Amor Amor volta a ser o programa mais visto do dia

A principal novela da estação do grupo Impresa foi líder de audiências e ocupou também o primeiro lugar na tabela dos mais vistos do dia. Em média, Amor Amor (13,1% / 25,5%) foi vista por mais de um milhão e 237 mil espectadores. Para trás ficou Festa é Festa (12,9% / 25,1%) que fidelizou, em média, mais de um milhão e 217 mil espectadores. A trama da TVI começou exatamente à mesma hora que a da SIC, e até começou a liderar, mas deixou o primeiro lugar escapar. Enquanto se bateram não houve uma grande distância a separar as duas novelas.

Assim que a história de Romeu Santiago terminou, a liderança permaneceu na Três com A Serra (11% / 24,9%). Apesar de ter começado na dianteira, a trama protagonizada por Sofia Alves caiu para segundo ainda durante os minutos iniciais. Nesta altura, a TVI com Bem Me Quer (12% / 25,5%) liderava as audiências. Com o início de Amar Demais (8,9% / 23,9%) a liderança voltou para a SIC, que ainda tinha no ar A Serra. Depois, Quem Quer Namorar com a Agricultora? (7,8% / 21,8%) bateu, durante os primeiros minutos, a novela que conta com Graciano Dias e Ana Varela nos principais papéis.

Tempo de Amar (5,3% / 20,2%) foi líder desde o primeiro até ao último minuto. Mulheres (3,8% / 17%) só conseguiu chegar à dianteira com o início do Diário da Noite dos Agricultores (3,3% / 17%). À uma da manha, o Diário de O Amor Acontece (1,7% / 12,3%) marcou um mínimo de rating, e só venceu durante a primeira metade da duração, na segunda metade caiu e viu Golpe de Sorte (1,6% / 13,1%) liderar.

Outros destaques:

  • O Jornal da Noite (10,6% / 23,1%) continua a ser o único informativo a reunir a preferência de mais de um milhão de espectadores. No segundo lugar ficou o Jornal das 8 (9,3% / 20,1%) e, mais atrás, o Telejornal (7% / 15,8%);
  • Ao fim da tarde, Viver a Vida (5,5% / 18,6%) foi líder de audiências frente ao Cristina ComVida (4% / 13,5%) e à reta final do Portugal em Direto (3,2% / 11,7%). O informativo da RTP1 ultrapassou a TVI durante os últimos 20 minutos;
  • No acesso ao horário nobre, O Preço Certo (6,8% / 19,6%) ocupou o primeiro lugar. Na SIC, o episódio de Orgulho e Paixão (5,9% / 17,6%) e o Diário dos Agricultores (7% / 19,2%) deram a vice-liderança ao canal. No último lugar do pódio ficou Mafalda Castro com o Diário de O Amor Acontece (5,6% / 15,9%);
  • O Primeiro Jornal (8,6% / 29,7%) foi o programa com maior share desta quinta-feira. O noticiário liderou o horário em que foi transmitido, vencendo o Jornal da Uma (6,5% / 22,3%) e a emissão dedicada aos Jogos Olímpicos da RTP1;
  • A partir das 12h22 e ao longo de quase duas horas, o canal público transmitiu a partida Brasil x Alemanha a contar para os Jogos Olímpicos. O encontro foi terceiro no horário ao registar 2,7% de rating e 9,8% de share.
Dados de audiência Total Dia (Live+VOSDAL) da responsabilidade da GfK/CAEM para o dia 22 de julho.
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?