House of cue cards

House of Cards é alvo de paródia de Jimmy Fallon

Conhecido já pelas inúmeras paródias que tem feito ao longo do programa The Tonight Show, Jimmy Fallon aventurou-se em encarnar uma personagem emblemática de uma das séries com mais sucesso atualmente: Frank Underwood de House of Cards.

O próprio nome da paródia House of Cue Cards revela a sátira feita ao comportamento de Frank Underwood que, com os seus tradicionais monólogos com que se dirige constantemente ao espetador, justifica a adição da palavra cue (“deixa” em português) a esta releitura cómica da série da Netflix.

O apresentador norte-americano assumiu o papel com o melhor sotaque sulista possível numa imitação caricata de vários momentos que sucederam nos episódios da série, aplicando o toque irónico e satírico, não ao mundo cruel da política e do poder, mas às próprias disputas e características das redes de televisão NBC e Netflix.

Para além de Fallon, também Ellen Barkin fez um cameo especial nesta paródia, desempenhando a esposa impassível, Claire Underwood (interpretada na série por Robin Wright), onde a postura e o guarda-roupa foram o principal alvo de humor.

A parte final funcionou como uma espécie de ironia à realidade da cadeia NBC, já que Jay Leno, como mau da fita, mostra o ar da sua graça empurrando Fallon para a linha de metro no momento de passagem das carruagens, tal como tinha acontecido em House of Cards na segunda temporada. Decerto que este momento não foi despropositado, já que o apresentador Jay Leno foi substituído por Jimmy na apresentação do programa The Tonight Show.

Quem parece não ter gostado deste pagode foram os fãs do ator da série que não pouparam os comentários de reprovação ao apresentador de TV. No entanto, o próprio ator Kevin Spacey canalizou o inner Frank Underwood , deixando uma mensagem nas redes sociais com assinatura das iniciais FU.

 

witter kevin spacey

facebook kevin spacey

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Sociedade precisa ser mais feminista para eliminar violência contra as mulheres