Lídia Jorge

Três portugueses na semifinal do Prémio Portugal Telecom da Literatura

São três escritores portugueses que concorrem ao Prémio Portugal Telecom 2013 atribuído no final do ano no Brasil. Lídia Jorge, António Lobo Antunes e Valter Hugo Mãe disputam o prémio com outros 60 autores, escolhidos de um lista de 450 obras inscritas.

Ao contrário dos outros anos, a curadoria optou por elevar o número de obras inscritas para levar à semifinal do concurso. Com um empate na categoria de poesia e dois no género romance, o júri decidiu colocar 63 livros semifinalistas ao contrário dos 60 habituais. De acordo com o Público, são 21 livros de poesia, 22 romances e 20 volumes de contos ou crónicas que disputam o prémio de literatura da Portugal Telecom.

Lídia Jorge concorre na primeira fase do prémio com o livro A noite das mulheres cantoras, lançado em 2011, António Lobo Antunes com Sôbolos rios que vão de 2010 e Valter Hugo Mãe com a obra O filho de mil homens, colocada no mercado no final de 2011.

Em Setembro são escolhidos 12 finalistas do prémio, quatro obras por cada categoria. O júri é constituído por Antonio Carlos Secchin, na categoria poesia, Luiz Ruffatto, em romance, Marcelo Freire, na categoria de conto e crónicas, Selma Caetano, coordenadora da curadoria e por André Seffrin, Cristóvão Tezza, Italo Moriconi, João Cezar de Castro Rocha, José Castelo e Leya Perrone-Moisés.

O vencedor do Prémio Portugal Telecom 2012 foi Valter Hugo Mãe com o livro A máquina de fazer espanhóis, escolhido entre os seleccionados nas três categorias.

Vê o vídeo de anunciação dos semifinalistas, com a curadora Selma Caetano a apresentar as obras:

Mais Artigos
festival de cannes
Cannes 2021. Festival em risco de ser adiado para o verão