Todos os anos os canais de televisão, em especial os generalistas, tentam oferecer alternativas às passagens de ano fora de casa. Os finais de reality shows já se tornaram um clássico da última meia-noite do ano e desta feita estão de volta. Pela RTP, aposta-se nos mitos do humor que a casa conserva.

Para o último Sábado do ano, a RTP1 tem preparado um clássico desta época: Circo Máximo, a partir das 10H28. Mais tarde, um dia feito de especiais fim-de-ano: na série Compadres e, mais tarde, no programa O Elo Mais Fraco, em que os concorrentes serão cantores.

Na mesma altura, às 10H00, há também circo na SIC com o Festival Internacional do Circo Monte Carlo, conduzido, como já é hábito por José Figueiras e Sofia Cerveira.

Apesar de um dia de cinema relativamente calmo, é à noite, ainda antes das doze badaladas, que se jogam os trunfos dos canais generalistas. Na SIC, a final de Peso Pesado 2, apresentada por Bárbara Guimarães, desvenda quem, nesta edição, perdeu mais peso e levará os 50 000 euros. É ainda a derradeira oportunidade de confrontar os concorrentes com aquilo que eram no início do programa, de recordar todas as provas, tentações e pesagens por que passaram e ainda de saber qual o vencedor de entre os concorrentes que não permaneceram até ao fim na Herdade do Peso Pesado e que levará para casa 25 000 euros.

Pela TVI, outra final, a da Casa dos Segredos 2. Apresentada por Teresa Guilherme no Campo Pequeno, é já depois da meia-noite que se vai ficar a saber quem leva a vitória de um dos reality shows mais polémicos de sempre da TVI. Os ex-concorrentes elegem Cátia como a vencedora dos 50 mil euros, sendo certo que, nesta fase, todos os finalistas sairão da casa com o dinheiro que angariaram até agora.

Pela RTP1 passa-se uma meia-noite totalmente diferente, uma noite feita pelos humoristas da casa em que o anfitrião é Herman José. O programa chama-se O Fim de Ano – Relatório e Contas e o objectivo é apresentar à Troika os resultados das medidas de austeridade aplicadas aos portugueses. No final de uma noite com Ana Bola, Joaquim Monchique, Maria Rueff, Manuel Marques, Eduardo Madeira, João Baião e Fernando Mendes, com sketches e momentos musicais, a Troika dirá se a nota para Portugal é ou não positiva. Depois, já na primeira meia hora de 2012, o serviço público festeja os 35 anos dos Trovante com a transmissão do concerto de aniversário da banda.

Enquanto tudo isto, na RTP2 passa-se o ano com o clássico E Tudo o Vento Levou. O segundo canal prepara uma programação especial que conta com o documentário The Story of Greenpeace, a transmissão do Concerto de São Roque e, no dia 1 de Janeiro, o Concerto de Ano Novo em Viena.

Este concerto passa, nesse mesmo dia, também na RTP1, pelas 10H00, assim como o concerto de Tony Carreira no Pavilhão Atlântico, às 14H30.

E assim, já entrámos em contagem decrescente.