Bones

Bones 11×15: a arte de fazer batota

Bones sempre foi conhecida por misturar dramas pessoais com os casos de cada semana e este episódio deu-nos um pouco de tudo: reconciliações, batotas, traições e, claro, homicídio. O novo episódio, intitulado The Fight in the Fixer, estreou no canal FOX no dia 12 de maio. Em Portugal, a série Ossos é exibida nesse mesmo canal.

A vítima desta semana é Frank Kwietowski, um investigador privado especializado em apagar os problemas dos seus clientes, que incluem celebridades, políticos, entre outros. As primeiras suspeitas que conhecemos são as do costume: a esposa de Frank e a assistente do mesmo, de nome Kerry.

Claro que a lista de suspeitos não se fica por aqui. Primeiro temos Jimmy Nasari, um mafioso dono de um bar de strip, que perdeu 12 milhões de dólares graças a um negócio com Frank. Em segundo lugar, há Abraham Foome, um bilionário que contratou Frank para recuperar um vídeo seu em posições comprometedoras (se é que me entendem).

Temos também Valon, um funcionário de um hotel que gravou o dito vídeo. Pelos vistos, Frank roubou-lhe o vídeo e o dinheiro, mas mentiu a Abraham acerca do sucedido, fazendo crescer um sentimento de ódio.Bones

A resposta, no entanto, está no seio familiar. Kerry e Frank estavam a ter um caso, dando à esposa motivo para matar. No entanto, a assistente preferiu o dinheiro ao amor, roubando a quantia que Frank extorquira de Valon e assassinando-o logo a seguir, chantageando os seus clientes para que estes lhe concedessem um álibi.

Agora vamos ao que interesse. Booth (David Boreanaz) e Brennan (Emily Deschanel) recebem o relatório escolar da sua filha e esta recebeu a pontuação máxima em todas as disciplinas. No entanto, o estagiário da semana, Oliver (Brian Klugman), repara que a tinta no relatório parece ter sido falsificada e decide averiguar a situação.Bones

Hodgins (T.J. Thyne) começa a compensar a sua má atitude ao comprar jóias caras a Angela (Michaela Conlin), mas todos sabemos que ela não liga a coisas materiais. Esta decide dar as jóias a Cam (Tamara Taylor) e diz que elas apenas serão devolvidas se Hodgins sair de casa e voltar a reunir-se com os amigos no bar pelo menos quatro vezes por mês. Palmas para a Angela e para o seu cérebro inteligente.

Aubrey (John Boyd), a meio do caso da semana, depara-se com um ficheiro acerca do seu pai, que fugira do país há 18 anos e está desaparecido desde então. A analista de comportamento, Karen (Sara Rue), revela a verdade a Aubrey: o seu pai voltou ao país há seis meses e anda atrás dele. Finalmente uma história minimamente interessante para Aubrey – o qual, devo dizer, tem falhado redundantemente em preencher o lugar vazio deixado após a morte de Sweets (John Francis Daley).Bones

O final do episódio de Bones, como sempre, dá o protagonismo a Booth e Brennan, que eventualmente descobrem que a professora da sua filha ficou sem tinta numa caneta e utilizou outra para terminar o relatório. Não, a criança não fez batota e é mesmo um génio.

Devo dizer que começo a ficar cansado que o protagonismo final vá sempre para este casal porque há outros que merecem tanta ou mais atenção – especialmente Cam, que ultimamente parece passear apenas pelo laboratório e pouco ou nada faz.

NOTA: 7/10

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Sophie Turner
Sophie Turner. 25 anos da “Rainha do Norte”