Neon Indian

Crítica: “VEGA INTL. Night School” dos Neon Indian

O segundo álbum dos Neon Indian já chegou às lojas! O grupo de Alan Palomo demonstra uma clara evolução no seu registo musical. A fórmula é simples: metade do pop para o dobro do psicadelismo e das distorções. Trata-se de um álbum indietrónico que eleva a fasquia a níveis nunca antes imaginados pelo grupo norte americano. Alerta-se desde já os leitores: este álbum pode causar efeitos alucinogénicos.

Os Neon Indian já nos habituaram a dar boas introduções aos seus projetos. À semelhança de Era Extraña, este disco inicia-se com uma faixa que preconiza muito bem aquilo que poderemos encontrar mais à frente. Uma espécie de VHS em rewind com alguns aspetos eletrónicos transportam-nos para aquele que é, possivelmente, o imaginário que a banda elaborou na produção deste VEGA INTL. Night School (que daqui para a frente chamaremos apenas VEGA INTL). Hit Parade é aquele minutinho de ambientação.

http://youtu.be/vUGtLwFsQKg

Annie é a aproximação máxima ao pop neste álbum. A vibe tropical relembra um hit dos anos 80. É sem sombra de dúvida um dos aspetos mais positivos deste Vega INTL. As palavras “answering machine” dançam alegremente na cabeça do ouvinte durante as horas seguintes. É o tema mais catchy de todo o alinhamento:

http://youtu.be/Xdkqq0SpePU

A estabilidade sonora perde-se na faixa seguinte. Street Level é o primeiro exemplo dos efeitos psicadélicos que falava anteriormente. Mesmo assim, no meio da entropia sonora, os Neon Indian conseguem tomar as rédeas e formar um excelente tema.

O que torna este álbum bastante interessante é que nas faixas que se seguem, encontramos um ritmo bastante semelhante, mas com sonoridades completamente distintas.

http://youtu.be/eMMppXxw_cU

Após três faixas onde a componente vocal se foi dissolvendo nos efeitos sonoros (o que não é algo necessariamente negativo), chegamos a mais um tema que se assemelha a um synthpopThe Glitzy Hive é o nome deste “retorno à calma”. O tema apresenta um ambiente do género “festa em casa”. O mesmo ambiente prolonga-se Dear Skorpio Magazine, com uma componente eletrónica mais acentuada, no entanto.

http://youtu.be/jzg5aq7_UVA

Slumlord é o segundo apogeu de VEGA INTL. O início é maravilhoso, numa espécie de “Renaissance meets electronic”. Os refrões seduzem os sentidos. O favoritismo recai exatamente aqui nesta faixa. Quando a música termina, os Neon Indian presenteiam-nos com uma extensão da música, em Slumlord’s Re-lease.

http://youtu.be/g7Nt9Ke4hDc

“C’mon” e descolamos de novo para outros universos, ao som de Techno Clique. Aqui o grupo de Palomo arriscou numa batida mais eletro-house. O resultado? Uma música que leva a dançar sem parar. A euforia começa a desvanecer-se no fim desta faixa e a nossa viagem interestelar sofre uns contornos mais suaves. Pode parecer um pouco aborrecido este abrandamento, mas a ligeira reviravolta aos 03:48 minutos desperta o ouvinte que espera mais entusiasmo deste disco. A dado momento, soam guitarras em lo-fi, num arranjo que recorda o pendor psicadélico desta nova aventura dos Neon Indian.

http://youtu.be/P2EHOjEJlQE

Arco íris, unicórnios e uma overdose de alegria são algumas formas de descrever C’est La Vie (say the casualties!). É o boost energético que o álbum precisava!

“Espera, eu não ouvi isto antes?” é a questão legítima que se pode colocar ao som de 61 Cygni Ave. A banda retoma a 80’s vibe de Annie, mas desta vez os Neon Indian não se saíram tão bem. E já agora, depois de escutarem esta música, oiçam isto. Boas referências! Apesar de não ser a melhor faixa do álbum, é interessante como Palomo e os seus colegas pegaram num tema de Reggae e o transformaram de tal forma.

http://youtu.be/CyW_iFYTbkU

Chegamos ao fim, com um regresso à Terra bem sucedido. News From The Sun é a aterragem em segurança que se requer de um disco como este, com tanta intensidade e mistura de sensações e sons.

VEGA INTL é uma mistura de sonoridades meio kitsch com um registo eletrónico e claramente psicadélico. É um projeto bastante interessante, capaz de elevar ainda mais a reputação dos Neon Indian.

Ouve o álbum na íntegra:

https://play.spotify.com/album/5jgrzAcDHJ5Nb2viW52OlR

Nota Final: 8,7:10

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Opto SIC Globoplay
OPTO e Globoplay: semelhanças e diferenças na guerra dos streamings