O cinema está de volta às noites da RTP2. As sextas feiras do mês de junho serão dedicadas a filmes de ação, suspense e mistério produzidos e realizados entre a década de 30 e 50 nos Estados Unidos da América.

Dia 6 de junho, às 22h30

Anjos de Cara Negra, de Michael Curtiz

anjos

É considerado um dos mais memoráveis filmes de gangsters de todos os tempos. James Cagney e Pat O’Brien assumem os papéis principais deste drama onde dois amigos de infância são separados pelo destino. Depois de um pequeno furto cometido em conjunto, um é apanhado pelo polícia e enviado para um reformatório, o outro consegue escapar. O primeiro torna-se padre no bairro onde os dois cresceram. O segundo transforma-se num gangster cinzento e amargo.

Este filme valeu a James Cagney o prémio de Melhor Ator de 1938 da Associação de Críticos de Cinema de Nova Iorque e foi nomeado para três categorias dos Óscares, incluindo melhor ator e melhor realizador.

 

Dia 13 de junho, às 22h30

Fúria, de Fritz Lang

untitled (2)

Um misto de romance e thriller psicológico de vingança, corresponde ao primeiro filme americano de Fritz Lang e conta com uma notável interpretação de Spencer Tracy.

Katherine Grant e Joe Wilson formam um casal com vontade de casar, mas sem dinheiro para tal. Katherine aceita um emprego no Oeste, enquanto o namorado continua em Chicago. Quando melhora de situação, ele compra um carro e vai ao encontro de Katherine. Porém, a caminho, é confundido com um raptor de crianças e é preso.

Quando sabe da prisão de Joe, a população local, indignada, tenta invadir a prisão. Não conseguindo atingir este objetivo, pega-lhe fogo e o homem é dado como morto. Logo a seguir, o FBI prende os verdadeiros culpados pelo rapto e é iniciado o julgamento dos linchadores de Joe. Contra as expectativas, Joe está vivo e deseja vingar-se de todos aqueles que tentaram linchá-lo e espera que sejam condenados à morte.

 

Dia 20 de junho, às 22h30

Relíquia Macabra, de John Huston

maltese-falcon-bogie_1211326696

Este filme marca a estreia de John Huston na realização e é considerado uma das obras mais emblemáticas do filme negro americano. Partindo de um romance de Dashiell Hammett, já várias vezes transferido para o cinema, entrou para história do cinema americano e consagrou Humphrey Bogart na eterna figura do cínico incorruptível, duro e insolente.

Huston constrói um filme admirável na sua atmosfera de ambiguidade e cinismo sobre a inconsequente e mortífera busca de uma estatueta, aparentemente de preço incalculável, mas que se revela ser apenas uma ilusão. Esta estatueta misteriosa está no centro de toda uma história de ganância e morte.

Dia 27 de junho, às 22h30

À Beira do Abismo, de Howard Hawks

bigsleep

Um argumento que junta humor negro e espiritualidade, baseado num livro de Raymond Chandler, e interpretado por uma dupla emblemática: Humphrey Bogart e Lauren Bacall.

A história começa como uma simples investigação que se desdobra por situações improváveis, personagens e crimes múltiplos – um quebra-cabeças por desvendar. Mas o famoso detetive Philip Marlowe (Humphrey Bogart) sabe o que todos eles têm em comum: Carmen Sternwood, uma jovem rica, e a sua irmã mais velha, Vivian. Estas duas senhoras farão qualquer coisa para encobrirem os seus segredos. Mas será que isso inclui assassinarem Marlowe se ele se aproximar demais da verdade?