stand up

Abrenúncio

Funnymaton: o humor analógico da fotografia

O fumo preenche a sala do Teatro Turim. O vermelho é, evidentemente, o protagonista. Começam a aparecer fotografias no ecrã iluminado por um fio intenso de luz branca. Sons macabros, efeitos de luzes de assustar e retratos minimamente assustadores começam a dar aura a Funnymaton neste primeiro momento de introdução visual. O aviso vem mais tarde, na peça, mas podemos já dizer-te: este é um começo impróprio para epilépticos. O que vamos aqui encontrar? Isso continua a ser uma incógnita.