electrónica

daft punk

Random Access Memories

Formados em Paris em 1993 pelas mãos de Thomas Bangalter e Guy-Manuel Homem-Christo, os Daft Punk são um duo de house francês que, ao longo dos últimos 20 anos, rapidamente se tornou num dos nomes mais sonantes da electronica mundial, em grande parte devido aos seminais Homework (1997) e Discovery (2001) e aos ambiciosos conceitos que associam à sua música. Depois de 8 anos de “jejum” de originais, iniciada após a morna recepção de Human After All (2005), a dupla decidiu voltar aos lançamentos em 2013; Random Access Memories, quarto LP do projecto, foi lançado a 17 de Maio pela Columbia Records.... Lê mais...

Festa e dança nos dois anos do Plasmodium Vivax

Os aniversários são sempre ocasiões especiais e dignas de celebração: costuma haver animação, bolos e guloseimas e, em alguns casos, boa música a acompanhar tudo. Foi com isso em mente que a equipa do Espalha Factos, composta por fãs assumidos de brincadeira, se deslocou ao Bacalhoeiro no passado Sábado, dia 8 de Junho, para assistir à festa dos dois anos do Plasmodium Vivax.... Lê mais...
nosaj_thing

Home

Vindo de Los Angeles, Nosaj Thing é o nome do projecto de Electronica do produtor Jason Chung, jovem norte-americano que ganhou popularidade ao trabalhar com artistas como Kendrick Lamar e Kid Cudi. Depois da estreia nos discos em 2009, com o muito aclamado Drift, Chunk decidiu lançar no início deste ano o seu segundo álbum de originais. Intitulado de Home, o segundo trabalho de Nosaj Thing está nas lojas desde 22 de Janeiro e é dele que vamos hoje falar.... Lê mais...

Criôlo

Entre 2006 e 2011 lançou, através de LP’s e EP’s vários, dez (!) registos em nome próprio, cumprindo religiosamente a promessa revelada em Zappa Português (de Um Fim-de-Semana no Pónei Dourado, álbum 2009) de “lançar dois discos por ano”. Agora, em pleno Verão de 2012, chega-nos o já costumeiro lançamento estival de B Fachada. Criôlo, lançado no passado dia 17 no Bandcanp do artista e com edição física marcada para o próximo dia 30, é a obra de que vamos falar hoje.... Lê mais...
IMG_9858

SBSR: Nem só no Olimpo se ouvem divas

O segundo dia do 18º Super Bock Super Rock levou 21 mil pessoas ao Meco. As vozes femininas mereceram destaque, Oh Land impressionou, Lana Del Rey desapontou, e M.I.A. fechou em grande. Pelo meio tivemos a onda indie muito bem apresentada pelos nova-iorquinos The Rapture e os britânicos Friendly Fires. Wraygunn e The Horrors não ficaram nada atrás, operando um excelente encerramento do palco EDP.... Lê mais...