diane kruger

COSMOS. Estreia mundial em todos os canais FOX e National Geographic

O carnaval já passou e apesar de a primavera estar próxima, os dias de mau tempo insistem em prolongar-se. A vontade é ficar por casa. Televisão e mantas são a combinação ideal. Principalmente numa semana em que as estreias vão tornar a semana bem mais agradável e ajudar a esquecer a falta que as noites quentes já fazem. História sobre o Universo, recordar um dos maiores homens que o mundo já conheceu e investigar crimes são o que preenche os próximos dias. O Brevemente ajuda-te a escolher o que não podes perder no início deste mês
Matthew Willman 008

Mandela: Memória de um Líder

Ontem, mais uma grande personalidade deixou este mundo. Nelson Mandela, rebelde político, presidente da África do Sul e o mais poderoso símbolo na luta contra o regime do Apartheid, será no entanto relembrado e imortalizado. A equipa do Espalha-Factos mostra aqui os filmes que contribuirão para manter a chama da memória de Madiba acesa.
the bridge

Canais Fox rendem-se a “The Bridge”

No próximo dia 13 de julho, sábado, pelas 22h20, todos os canais Fox - Fox, Fox Life, Fox Movies, FX e Fox Crime - irão emitir em simultâneo uma das mais recentes produções americanas, que promete marcar o mundo do drama e do suspense. The Bridge irá ser uma estreia mundial, emitida em cerca de 122 países, em 44 línguas e 200 milhões de casas.
the-host

Estreia: Nómada

Esta semana as salas de cinema portuguesas estreiam seis filmes, com destaque para os dramas, mas também algum romance, ação e ficção científica. A escolha do Espalha-Factos para estreia da semana recai sobre a ficção científica adaptada do livro de Stephenie Meyer com o mesmo nome, Nómada (em inglês The Host). Analisamos ainda o Box Office da semana passada.
Film Title: Mr Nobody

Sr. Ninguém: é tudo uma questão de escolhas

Quando começamos a perder a esperança no cinema moderno, quando apenas os filmes antigos nos satisfazem a sede pela sétima arte, eis que, do nada (ou mais propriamente da Bélgica), surge Sr. Ninguém – que acaba por provar que o mundo do cinema não está senil nem tão pouco extinto. Em vez de continuar com a moda dos remakes, os cineastas deviam olhar para este filme como uma fonte de inspiração, não para seguir os mesmos moldes, mas para fazer diferente: sim, porque é sempre possível fazer diferente, criar algo de raiz; ou não fosse o ser humano o animal mais dotado de criatividade do que qualquer outro.