Darkwave

trust_alfons

Crítica: Joyland, de Trust

Versos melancólicos, ritmos carregados de tensão sexual e uma sonoridade que insiste em evocar armazéns abandonados apinhados de marginais numa rave alimentada a ecstasy, anfetaminas e outras drogas. É este o mundo de Trust, e Joyland, segundo disco do projecto, é a mais recente porta para nele entrar.