claudio hochman

boeingboeing

Boeing-Boeing. Uma ménage à quatre bem sucedida

Não querendo cair no lugar comum, posso afirmar que não vão gostar de ver o Boeing-Boeing num acidente de viação. Na verdade, até vão abrir o tráfego aéreo para o ver aterrar no vosso porta-aviões: a memória. O Teatro da Trindade está à vossa espera na certeza de que no fim só nos resta o champanhe e a almofada, que nos aconchegam na noite das ruas de Lisboa.