Chromatic

ycwcb

You Can’t Win, Charlie Brown: «Não achávamos que conseguíssemos encher o CCB»

O Espalha Factos esteve na esplanada de um café no Jardim da Graça numa tarde de Primavera que se afigurou ora soalheira, ora chuvosa. A conversar connosco, esteve Salvador Menezes, um dos seis membros do aclamado coletivo português, You Can't Win, Charlie Brown, que lançaram há pouco tempo o seu segundo álbum, Diffraction/Refraction. Falou-se do processo criativo, de como foi reimaginar um dos álbuns mais notórios de sempre (Velvet Underground and Nico), planos para o futuro, e muito mais. Tudo isto para ler já a seguir.
1604905_656777471027991_1881813823_n

Deus quer, os You Can’t Win, Charlie Brown sonham, Diffraction/Refraction nasce

Diffraction/Refraction não é o típico segundo álbum que fica aquém do de estreia; não é a típica travessia do deserto nem a licença sabática de criatividade; Diffraction/Refraction é a terceira casca de banana no caminho dos YCWCB e, muito provavelmente, a menos escorregadiça. Decididamente, nada pode vencer estes tipos. Por isso, juntemo-nos a eles.