Análise

paus

Crítica: Clarão, de Paus

Ao segundo álbum, os portugueses Paus trazem-nos uma exemplar prova de audácia ao apresentarem-nos Clarão, um disco que mostra uma banda sem medo de arriscar nas suas fórmulas e que nos presenteia com uma experimentação mirabolante e grooves peganhentos, que se colam ao nosso corpo e nos impelem a dançar....
trust_alfons

Crítica: Joyland, de Trust

Versos melancólicos, ritmos carregados de tensão sexual e uma sonoridade que insiste em evocar armazéns abandonados apinhados de marginais numa rave alimentada a ecstasy, anfetaminas e outras drogas. É este o mundo de Trust, e Joyland, segundo disco do projecto, é a mais recente porta para nele entrar. ...