2013

cand-se-lasa-seara-peste-bucuresti-sau-metabolism-876063l

Quando a Noite Cai em Bucareste ou Metabolismo: apologia do plano fixo

Um filme que questiona o passado e o presente do Cinema, e aquilo que será a Sétima Arte no futuro - mas que se perde no desinteresse que acaba por criar com as suas personagens. Realizado por Corneliu Porumbiou, Quando a Noite Cai em Bucareste ou Metabolismo é antecedido pela curta metragem Luminita, do português André Marques, e é uma estreia exclusiva da Medeia Filmes.
6edb21e8-7b05-4cea-bce0-e3fb0fe72146_0c34d7bd_image

O Teorema Zero: a loucura distópica de Terry Gilliam

É o novo filme de um dos membros dos Monty Python, autor de excentricidades lendárias como Brazil - O Outro Lado do Sonho e A Fantástica Aventura do Barão. A filmografia de Terry Gilliam é irregular, variando constantemente entre filmes mais e menos interessantes, mas O Teorema Zero está entre os grandes títulos da sua carreira, e é também um dos filmes mais imaginativos de 2014.
Locke-2

Locke: uma misteriosa viagem humana

Tudo acontece dentro de um carro, a partir de vários telefonemas que acompanham o protagonista ao longo de uma viagem com destino secreto... e fatal. Locke pega numa pequena premissa e transforma-a numa reflexão sobre as interações humanas e os acidentes de percurso que acabam por destruir ou construir relações. E tem Tom Hardy em estado de graça.
Blood-Ties

Laços de Sangue: Dramas de Família

A produção franco-americana Laços de Sangue (Blood Ties), do realizador francês Guillaume Canet, é uma adaptação do romance francês do mesmo nome (Les liens du sang). O filme conta com um orçamento modesto mas sólido, um argumento do aclamado realizador americano James Gray e um elenco de peso, com nomes como Clive Owen, Billy Crudup, Marion Cotillard e Mila Kunis. Com estes recursos e mais, Canet traz-nos um filme cativante, denso e intrigante, que apesar de suas falhas proporciona bons momentos ao longo dos seus mais de 140 minutos.
BANNER SIMPLES

8 1/2 – Uma estreia em 3D, a entrega de prémios e a sessão de encerramento

A fechar a sétima edição da Festa do Cinema Italiano por Lisboa, foi programada a estreia da versão em 3D de O Último Imperador, numa sessão apresentada pelo diretor de fotografia Vittorio Storaro. Durante o dia, decorreram ainda reposições de alguns dos títulos que marcaram o certame, e à noite foram revelados os vencedores da secção Competitiva, culminando o festival com a projeção do aclamado filme O Capital Humano.