João Gama

Há uma altura na nossa vida em que o mundo nos atropela. A mim foi em 2015, em plena crise de refugiados, quando me obriguei a abrir os olhos a tudo o que se passava à minha volta. Foi aí que escolhi. Escolhi ter uma palavra a dizer e uma voz suficientemente alta para ser ouvida. Jornalismo tem muitos significados para muitas pessoas. Para mim tem e sempre vai ter só um, o de ser a porta que me vai permitir não deixar o mundo no mesmo lugar onde o encontrei.