O Espalha-Factos terminou. Sabe mais aqui.
O Ano da Morte de Ricardo Reis
Fotografia: Divulgação

‘O Ano da Morte de Ricardo Reis’ leva adaptação da obra de Saramago à RTP

Inicialmente escrito por José Saramago em 1984, é esta segunda-feira, dia 14 de novembro, que estreia esta adaptação ao ecrã com realização e autoria de João Botelho. O Ano da Morte de Ricardo Reis é a nova série de ficção nacional da RTP de sábado, com estreia marcada para as 22h45, que pode ser vista na RTP Play a partir das 12h00.

A minissérie é constituída por cinco episódios que podem ser vistos tanto na RTP, como na RTP Play. A produção promete “mergulhar na personalidade de Fernando Pessoa, o qual estabeleceu um gigantesco universo paralelo, criando uma série de heterónimos para sobreviver à sua solidão de génio”, como pode ler-se num comunicado partilhado pela RTP.

O Ano da Morte de Ricardo Reis, a par da sua obra literária homónima, é uma viagem pela história que transporta o espectador para 1936, uma altura devastadora para a Europa, época onde se viveu o fascismo de Mussolini, o Nazismo de Hitler, a Guerra Civil espanhola e ainda a ditadura do Estado Novo em Portugal, levada a cabo por Salazar. Este ano crucial da história social do Ocidente é então analisado a partir do heterónimo de Fernando Pessoa, Ricardo Reis.

Visto que Pessoa nunca oficializou uma data de morte para este heterónimo e com um pouco de contexto literário, na obra original de 1984, José Saramago decide trazer Ricardo Reis de volta a Portugal, após um exílio que perdurou por 16 anos no Brasil. A este ponto de partida, misturam-se quantidades saudáveis de realidade e fantasia.

Com realização de João Botelho (Os Maias), teremos no ecrã os semblantes de Chico Díaz, no papel de Ricardo Reis e Luís Lima Barreto, como Fernando Pessoa. O elenco conta ainda com Victoria Guerra, Catarina Wallesntein, Rui Morisson, Hugo Mestre Amaro e João Barbosa, entre outros nomes.

O Ano da Morte de Ricardo Reis enquadra-se nas comemorações do centenário de José Saramago. A série pode ser acompanhada a partir desta segunda (14), às 22h45, na RTP, e a partir das 12h00, na RTP Play, em dias de emissão.