O Espalha-Factos terminou. Sabe mais aqui.
Branden Frase The Mummy
Fotografia: Universal Studios

Brendan Fraser está disposto a participar num novo filme do ‘The Mummy’

Brendan Fraser é um dos atores mais adorados da sua geração graças, em parte, à participação como Rick O’Connell no filme de aventura de 1999, The Mummy. 14 anos após o último capítulo da trilogia, The Mummy: Tomb of the Dragon Emperor, o ator admite interesse em regressar ao seu papel mais reconhecido.

“Eu não sei como é que iria funcionar”, confessa Fraser à Variety. “Mas estou disposto a fazê-lo, se alguém arranjasse o conceito certo”, acrescenta.

O filme de 1999, realizado por Stephen Sommers, é um remake do filme de terror homónimo de 1932, que juntamente com Drácula Frankenstein pertence à franquia Monstros Clássicos da Universal Studios, uma série de filmes de terror lançados pelo estúdio entre as décadas 1930 a 1950. A jornada de The Mummy já conta com 14 filmes (19 se adicionarmos a série de filmes The Scorpion King, baseada na personagem titular interpretada por Dwayne Johnson no The Mummy Returns), com a entrada mais recente pertencer ao remake de 2017, com Tom Cruise no papel principal e Alex Kurtzman por detrás da câmara, que não conquistou a bilheteira, nem tão pouco os espectadores.

Sobre o remake, para qual não foi convidado a juntar-se, Brendan Fraser diz que falhou em capturar o espírito da história. É difícil fazer este tipo de filme. O ingrediente em que nos focámos mais, que eu não vi naquele filme, era diversão. Era isso que estava em falta naquela encarnação. Estava demasiado determinado em ser um filme de terror. ‘The Mummy’ deve ser uma viagem emocionante invés de aterradora e apavorante”, sublinha. “Eu sei o quão difícil é de suceder nisto, eu tentei fazê-lo três vezes”, brinca ainda.

Com ou sem novo The Mummy, o ator americano vai protagonizar The Whale, um filme de Darren Aronofsky, que acompanha Charlie, um homem que pesa 272 quilos, à medida que se esforça para se reconectar com a filha (Sadie Sink), depois de ter abandonado a família pela amante, que entretanto faleceu. O filme estreou mundialmente na 79.ª edição do Festival de Veneza, onde foi aplaudido por seis minutos consecutivos. A crítica em geral destaca a performance de Fraser como um regresso de carreira, com a forte possibilidade de arrecadar uma nomeação aos Óscares, que, caso se suceda, seria a primeira nomeação do ator. The Whale, baseado no livro de Samuel D. Hunter, tem estreia marcada em Portugal a 2 de março de 2023.

Podemos ainda contar com a presença do ator no próximo filme de Martin Scorsese, Killers of the Flower Moon, juntando-se a Leonardo DiCaprio e Robert De Niro. Com distribuição a cargo da Apple TV+, a  estreia mundial do projeto vai ser na edição do próximo ano do Festival de Cannes, sem data prevista para chegar a Portugal. Fraser também é uma das muitas caras (e vozes) principais de Doom Patrol, que segue a equipa de super-heróis titular. A série irreverente encontra-se disponível na HBO Max, com um total de três temporadas.