O Espalha-Factos terminou. Sabe mais aqui.
Foto: SIC/Divulgação

Deu no Comando. ‘Cantor ou Impostor?’ é um bom programa para o verão

No quarto episódio do podcast analisamos mais uma estreia da SIC

No quarto episódio do Deu no Comando, novidade de julho no feed de podcasts do Espalha-Factos, analisamos Cantor ou Impostor?, programa que estreou no domingo (17) e que volta a trazer Cláudia Vieira para a apresentação de um formato inovador no canal.

O episódio conduzido por Pedro Miguel Coelho e Mariana Lambertini contou com a presença de Márcia Barroso, redatora do Espalha-Factos, para ajudar a analisar a estreia do formato.

Será que este programa pode distanciar-se de A Máscara ou é uma versão mais fraca? E qual é o potencial de sucesso na guerra das audiências? Será que o programa é serviço público como anunciou Rui Unas? Foram estas algumas das perguntas que tiveram resposta neste episódio.

Quando pensamos nos programas de entretenimento que antecederam este Cantor ou Impostor? encontramos desde logo muitas diferenças e algumas semelhanças. Para Márcia, é uma “coisa nova” apesar de ainda “um bocadinho parecido com A Máscara mas longe de ser um “Ídolos 2.0“.

Depois de programas como Ídolos, Factor X, O Noivo É que Sabe e Regresso ao Futuro, Cláudia Vieira volta à apresentação, mas desta vez sozinha e em galas gravadas. A acompanhá-la terá sempre o trio de influenciadores composto por João Manzarra, Débora Monteiro e Rui Unas e um convidado musical e um concorrente, diferentes a cada semana.

Márcia salienta o “charme natural” e “energia” de Cláudia Vieira, enquanto Mariana Lambertini sublinha que o facto de o programa ser gravado e ter um guião acabam por ajudar Cláudia, ao “ir buscar a [sua] experiência como atriz”. Para Pedro a atriz e apresentadora “não é boa a ler guiões”, mas é uma figura “muito simpática e muito carismática”.

Em audiências o primeiro episódio registou 8,5% de audiência e 19,1% de share entre as 22h06 e as 23h25, colocando a SIC na liderança. E este pode assim ser um programa de entretenimento ideal para o verão, “aquele que dá para ver em família”, sendo no geral um “bom programa” no marasmo da televisão generalista nos meses de verão.

Deu no Comando, com novos episódios todas as segundas-feiras, continua a analisar todas as semanas um tema, programa ou notícia da televisão portuguesa, com um ou vários convidados a fazerem a sua análise enquanto espectadores e fãs. O podcast está disponível em todas as plataformas, nomeadamente o Spotify, a Apple Podcasts, a Google Podcasts, a Podcast Addict e o Castbox.