Solteiro Até no Natal da Netflix com Michael Urie e Philemon Chambers
Foto: Divulgação/Netflix

‘Solteiro Até no Natal’. Netflix lança o seu primeiro filme natalício com casal gay

Solteiro Até no Natal é o novo filme LGBTQ+ no catálogo da Netflix e chega aos ecrãs dia 2 de dezembro. O elenco conta com Michael Urie, Philemon Chambers, Luke Macfarlane e Jennifer Coolidge e promete fazer rir e chorar. 

A produção é um marco na história da plataforma de streaming, visto ser o primeiro filme natalício da Netflix centrado no romance de um casal gay. Solteiro Até no Natal conta a história de Peter (Michael Urie) que quer “evitar ser julgado pela família devido ao seu estatuto de eterno solteiro”.  Para isso, convence o melhor amigo Nick (Philemon Chambers) “a passar o Natal com ele e a fingir que estão numa relação”, adianta a Netflix.

Contudo, os planos da mãe (Kathy Najimy) de Peter são outros e esta está determinada a arranjar uma companhia para o filho. De um momento para o outro, a mãe de Peter organiza-lhe um encontro às cegas com James (Luke Macfarlane), um atraente treinador. Com um enredo que nos vai fazer ficar colados ao ecrã, é possível perceber que neste Natal nem tudo vai correr como planeado. 

Num email citado pela Entertainment Weekly, Michael Urie afirma que quem for ver o filme pode esperar um pouco de tudo. Desde “ostentação, vinho, Pais Natais sexy, um pouco de mentira” até “muitas boas ações e a Jennifer Coolidge”. 

Os meus pais são interpretados pelo Barry Bostwick e Kathy Najimy — uma combinação que cientistas acreditam que só poderia criar filhos que são gays e que adoram o Natal. O Nick é o tipo de tio gay que passou vários natais a aperfeiçoar uma coreografia para uma música de Natal da Britney Spears com os seus sobrinhos. E a perfeita”, refere o ator. “É a coisa mais gay que já aconteceu no Natal desde a Mariah Carey”, conclui.

Até ao Natal, a Netflix tem ainda mais algumas surpresas preparadas. Antes do final da época natalícia vão estrear outros quatro filmes de natal. A Princesa e a Plebeia 3, Um Castelo de Natal, Um Rapaz Chamado Natal e A 1000 Km do Natal poderão ser vistos em breve.

Solteiro Até no Natal acaba por ser uma lufada de ar fresco em Hollywood, visto que grande parte dos filmes natalícios têm dois denominadores comuns: Pais Natais e heteronormatividade. Além das músicas de natal e decorações que encantam qualquer um, a produção da Netflix vem também trazer mais representatividade aos conteúdos da plataforma. O primeiro filme da plataforma de streaming que gira em torno de um casal gay estreia a 2 de dezembro. 

Lê também: ‘Natal Sempre Encantado’. SIC revela programação de filmes para o Natal

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.