Terra Nossa
Foto: João Maria C/SIC

Canais Cabo em máximos num sábado desastroso para as generalistas

Este sábado (27) voltou a ser magro para as generalistas, que no seu conjunto tiveram o pior dia do ano. Os canais abertos somaram apenas 40,4% de share, ficando atrás do total dos canais de Cabo, que em conjunto tiveram 43,7% de share, a melhor marca de 2021.

A SIC foi o canal mais visto deste sábado, mas não foi além de 15,5% de share, a sua pior quota de mercado em quase seis meses, segundo os dados recolhidos pela GfK/CAEM. É preciso recuar ao passado dia 29 de maio, quando registou 15,4%, para encontrar um resultado pior.

A estação de Paço de Arcos ficou mesmo atrás da categoria Outros, que somou 15,8%. Este segmento inclui gravações de dias anteriores, plataformas de streaming ou jogos, por exemplo.

Ainda pior esteve a TVI, que se ficou pelos 12,8% de share e teve a pior marca desde 11 de julho, o dia da final do Euro 2020, em que tinha registado 12,4%. A RTP1 teve uma queda mais ligeira mas manteve o terceiro lugar, com 10,1% de share.

Lê também: Crise ao sábado. Porque é que o público está a fugir da televisão aberta?

Outro reflexo do fraco desempenho das generalistas foi o facto de nenhum programa ter atingido os 10 pontos de audiência. O Jornal da Noite foi o que mais se aproximou, registando uma média de 9,7% de audiência e 18% de share, equivalentes a 919 mil espectadores. No melhor minuto do dia, às 20h37, a SIC não fez melhor que 10,7% de audiência. Jornal das 8 (8% / 14,9%) e Telejornal (7,8% / 14,5%) discutiram a vice-liderança entre os noticiários da noite.

Festa é Festa (9,2% / 18,6%) foi o melhor programa da TVI, com 876 mil espectadores, e alternou na liderança com Terra Nossa (8,5% / 18,7%). Antes do capítulo do dia, o compacto semanal Festa é Festa – O Rato Tomé (7,2% / 13,9%) não foi além dos 683 mil espectadores, e teve os piores valores da segunda temporada da novela.

Terra Nossa foi líder isolado depois do fim de Festa é Festa, batendo Big Brother – A Semana (4,2% / 13,3%). Ao final da noite, o compacto semanal de Quem Quer Namorar com o Agricultor? – Todos por Todos (2,8% / 12,5%) alternou na liderança com o reality show da TVI.

Jurados Masterchef Portugal 2021
Fotografia: Filipe Faleiro / Shine Iberia Portugal

Masterchef perde público e tem CMTV à perna

Depois de ter estreado a melhorar ligeiramente os valores da RTP1, Masterchef Portugal perdeu cerca de 120 mil espectadores na segunda semana. O formato da estação pública não foi além de uma média de 357 mil espectadores, registando 3,8% de audiência e 7,9% de share.

O concurso de cozinha esteve sempre longe da SIC e da TVI, e passou largos momentos atrás do Liga d’Ouro (3,2% / 8,1%) da CMTV. O canal da Cofina ficou a escassas décimas da RTP1 no confronto direto com Masterchef, registando uma média de 3,4% de audiência e 7,1% de share enquanto o programa esteve no ar.

Diretas no PSD e escândalo na Liga dão subida aos informativos

A noite informativa deste sábado foi marcada pela vitória de Rui Rio nas eleições diretas do PSD e pela polémica em torno do B SAD x Benfica. Os canais informativos e a CMTV registaram subidas e contribuíram para os fracos resultados das generalistas.

A CNN Portugal manteve a liderança entre os canais informativos, com 2,6% de share, mas viu a SIC Notícias reduzir a distância, com 2,2%. A RTP3, que também emite na TDT, somou 1,5% de share. No primeiro lugar do top do cabo voltou a estar a generalista CMTV, com 4,9% de share.

Ao longo da noite, os três canais informativos foram alternando na liderança do segmento. O 360º (1,2% / 2,5%) da RTP3 teve a sua melhor audiência desde janeiro e o melhor share desde julho, contactando com um total de 1 milhão e 28 mil espectadores ao longo de quase três horas.

Jornal de Sábado (0,9% / 2%), da SIC Notícias, CNN Sábado – Noite (1,1% / 2,3%) e CNN Desporto (0,9% / 2,6%) também tiveram momentos de liderança entre os informativos. Ao final da noite, o Jornal da Meia-Noite (0,8% / 3,3%) da SIC Notícias teve a melhor audiência do ano, deixando CNN Meia Noite (0,3% / 1,3%) e 24 Horas (0,2% / 1%) a grande distância.

Quase sempre acima dos canais informativos, a CMTV dedicou mais tempo ao polémico B SAD x Benfica. O relato do jogo no programa Golos foi visto em média por 289 mil espectadores (3% / 5,6%). Seguiu-se Liga d’Ouro, com 306 mil espectadores, que colocou a CMTV em terceiro lugar durante boa parte da noite.

Outros destaques do dia
  • Primeiro Jornal (9,3% / 26,3%) e Alta Definição (9,1% / 26%) formam uma dupla imbatível ao início da tarde. O noticiário da SIC conseguiu ter mais audiência que a soma dos concorrentes Jornal da Uma (4,9% / 13,7%) e Jornal da Tarde (4,3% / 12%).
  • Alô Marco Paulo (5,1% / 13,9%) e Em Família (5,2% / 12,8%) alternaram na liderança, com o programa da SIC a vencer no confronto direto. Aqui Portugal (3,4% / 9,4%) passou quase toda a tarde em terceiro lugar.
  • O Preço Certo (8,6% / 17,3%) voltou a dar a liderança à RTP1 na faixa das 19 horas, derrotando o compacto Patrões Fora – Só Paródia! (6,7% / 13,6%) e Em Família.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.