Dina Aguiar lamenta saída de Sandra Felgueiras: RTP “não valoriza nem defende o seu capital humano”

A saída de Sandra Felgueiras para a CMTV tem gerado múltiplas reações, ao mesmo tempo que a própria jornalista continua sem fazer qualquer declaração pública sobre o assunto. Dina Aguiar reagiu com tristeza à mudança da colega e criticou a RTP.

Numa publicação no Facebook, a pivô considera que “a RTP perde um dos seus patrimónios“, criticando depois o canal, porque “não valoriza nem defende o seu capital humano“. Dina Aguiar considera ainda que este “é um caso para dizer que ficamos mais pobres“.

No texto, entretanto removido das redes sociais, a veterana apresentadora do Portugal em Direto terminava desejando que Sandra Felgueiras finalmente encontre o lugar que merece que seja feliz, relembrando que “o reconhecimento público” já a colega tem.

Nas últimas semanas, Dina Aguiar tem dado mostras de insatisfação com a direção da RTP. Em entrevista ao Sapo sublinhou que deve ser “a pessoa com mais horas de antena“, para logo a seguir fazer um reparo à estação pública. “Vou acabar por ficar na história da televisão, embora a RTP não valorize isso, não o referencie quando se faz a história da casa“.

Outros comentários, relativos à falta de promoção do Portugal em Direto, têm sido notados também nas redes sociais, quer por parte da pivô, quer por parte dos elementos da equipa do noticiário regional, que está no ar de segunda a sexta-feira a partir das 17h30.

Lê também: Guia TV. ‘Masterchef Portugal’ e ‘The Wheel of Time’ chegam este fim de semana