Fernando Mendes O Preço Certo
Fotografia: Divulgação

Audiências. ‘O Preço Certo’ bate máximo anual e impulsiona RTP1

O final da tarde desta terça-feira foi dominado pela RTP1, que viu O Preço Certo a bater máximo anual de share. À noite, as novelas da SIC Amor, Amor e A Serra venceram com tranquilidade a concorrência da TVI.

O Preço Certo tem estado em altas nas últimas semanas. Além de liderar com facilidade a faixa das 19h, tem sido um dos programas mais vistos do dia. Esta terça-feira (16) não foi exceção, com o concurso a amealhar 1,081 milhões de espectadores e a ser o segundo programa mais visto do dia.

Fernando Mendes fidelizou uma média de 11,4 pontos de audiência e bateu o máximo anual de share, com 25,4%. Com esta liderança, a RTP1 ficou a larga distância dos diários do Quem Quer Namorar com o Agricultor (8,6% / 18,8%) e do Big Brother (7,6% / 16,9%). Além disso, foi responsável pelo minuto mais visto do dia: às 19h57, o canal público bateu nos 14,1% de rating.

Com a entrada dos blocos noticiosos, a liderança passou para a SIC. O Jornal da Noite voltou a repetir o já habitual posto de programa mais visto do dia, com 1,094 milhões de espectadores, ou seja, apenas cerca de 13 mil espectadores a mais do que O Preço Certo. O Telejornal (9,9% / 20,0%) segurou a vice-liderança contra o líder Jornal da Noite (11,5% / 23,3%), deixando o Jornal das 8 (9,1% / 18,2%) em terceiro.

A novela Amor, Amor (10,6% / 24,2%) fechou o pódio dos programas mais vistos do dia, com 1,003 milhões de espectadores. A trama de Paço de Arcos venceu em toda a linha Festa é Festa (9,8% / 21,9%). À mesma hora, a RTP1 transmitia o jogo entre Portugal e França a contar para o Campeonato da Europa de Hóquei em Patins (4,6% / 11,0%).

Júlia Pinheiro afastou-se de Manuel Luís Goucha.
Instagram / Júlia Pinheiro

Nas contas finais do dia, a SIC liderou com 20,3% de share, acima da média anual de 19,4%. A TVI ficou em segundo lugar, com 16,9%, ligeiramente abaixo dos 17,1% de média em 2021. Já a RTP1 conquistou 13,8% e continua a pontuar acima da média anual, que se situa nos 11,1% de quota de mercado.

Casa Feliz e Júlia dão liderança à SIC

O programa apresentado por João Baião e Diana Chaves somou mais uma liderança matinal. Casa Feliz (3,6% / 22,9%) venceu contra Dois às 10 (2,9% / 18,3%) e Praça da Alegria (2,2% 14,1%). Contudo, o programa da TVI ainda conseguiu liderar entre as 10h e as 11h10.

Em sequência, o Primeiro Jornal (6,5% / 28,1%) repetiu uma liderança demolidora face ao Jornal da Uma (4,5% / 19,3%) e o Jornal da Tarde (3,8% / 15,9%). De tarde, Linha Aberta (3,4% / 19,6%) e Júlia (3,8% / 18,5%) deram uma liderança ininterrupta à SIC. A Única Mulher (3,3% / 18,7%) e Goucha (2,9% / 14,3%) não foram capazes de interromper a sequência vitoriosa de Paço de Arcos.

Outros destaques:

  • Orgulho & Paixão (8,1% / 21,5%) recuperou a liderança. Já Fina Estampa (8,6% / 21,4%) perdeu durante o confronto direto com O Preço Certo, mas bateu máximo de audiência. Portugal em Directo (5,7% / 17,2%) vice-liderou e deixou Cristina ComVida (4,9% / 13,0%) no terceiro lugar.
  • Para Sempre (7,5% / 20,2%) continua numa fase descendente: bateu mínimo de share e perdeu do princípio ao fim contra A Serra (8,5% / 23,8%) e Quem Quer Namorar com a Agricultora (5,8% / 19,9%).
  • O Big Brother – Extra (3,3% / 21,7%) deu uma liderança segura à madrugada da TVI e venceu Bom Sucesso (3,8% / 18,5%) e Tempo de Amar (3,1% / 19,8%).

Dados de audiência Total Dia (Live+VOSDAL) da responsabilidade da GfK/CAEM para o dia 16 de novembro.