Portugal x Irlanda foi o programa mais visto do dia.
Facebook

‘Portugal x Irlanda’ atira RTP1 para a liderança das audiências

O encontro PortugalIrlanda para a qualificação para o Mundial 2022 foi o programa mais visto desta quinta-feira (11), contribuindo para a vitória da estação pública. O jogo foi acompanhado por quase 2 milhões de portugueses.

Com um milhão e 965 mil telespectadores, Portugal x Irlanda alcançou uma audiência média de 20,8% e uma quota de mercado de 40,4%. Nos melhores momentos, o encontro chegou a aproximar-se da fasquia dos 45% de quota de mercado, altura em que a concorrência não ia além dos 13%.

No mesmo horário, a SIC caiu para o segundo lugar com Jornal da Noite a não conseguir manter os habituais telespectadores, caindo para 8,8% de audiência média e 16,9% de quota de mercado. Na TVI, o Jornal das 8 manteve-se num terceiro lugar com apenas 6,3% de rating e 12,0% de share.

Motivada pelo resultado da Seleção Nacional, a RTP1 chegou à liderança das audiências com 18,6% de share médio, seguida da SIC com 17,7% e da TVI com 16,0%. No cabo, a CMTV foi a habitual líder com 3,8%.

Dois às 10 cai para o pior resultado desde a estreia

Dois às 10 caiu para o pior resultado de sempre.
Instagram

Dois às 10, o programa das manhãs da TVI, registou esta quinta-feira (11) o pior resultado desde a estreia a 4 de janeiro. O formato apresentado por Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos chegou a perder para A Praça da Alegria e não conseguiu aproximar-se da liderança em média.

Com 243 mil telespectadores em média, Dois às 10 fechou as contas de quinta-feira com 2,6% de audiência média e 16,1% de share, o resultado mais baixo de sempre do programa. O formato passou grande a primeira parte da sua emissão atrás da concorrência da RTP1 e só se conseguiu recuperar durante a última parte, altura em que Praça da Alegria se mantinha perto da concorrente. O programa apresentado por Jorge Gabriel e Sónia Araújo foi acompanhado por 212 mil telespectadores, o equivalente a 2,2% de rating e 14,4% de quota de mercado.

Na liderança, Casa Feliz manteve-se distante e fixa no primeiro lugar durante toda a manhã, sendo acompanhada por 317 mil telespectadores, o equivalente a 3,4% de audiência média e 21,0% de share. O programa das manhãs da SIC foi o favorito dos portugueses e chegou a aproximar-se da marca dos 30% de quota de mercado durante os momentos finais.

Outros destaques:

  • Goucha roubou a liderança a Júlia Pinheiro. O programa das tardes da TVI foi o favorito desta quinta-feira com 4,0% de rating e 17,9% de share. Na SIC, Júlia ficou-se pelos 3,8% / 16,7%, liderando apenas nos momentos finais. Longe, A Nossa Tarde não foi além de 1,8% / 9,2%.
  • Portugal em Direto liderou contra Fina Estampa. O noticiário apanhou o embalo da espera pelo jogo de qualificação para o Mundial 2022 e registou 19,3% de share contra 6,9% / 17,8% da novela da SIC. Em média, o formato da RTP1 ficou com 5,5% / 16,1%, com Orgulho & Paixão a fechar com 6,7% / 18,1% e Cristina Comvida a ficar-se pelos 5,2% / 14,2%.
  • Amor Amor regressou à liderança com 10,3% / 21,0%. Festa é Festa manteve-se perto com 10,2% / 20,5%.
  • Para Sempre registou o pior resultado desde a estreia. A novela de Diogo Morgado alcançou 8,5% / 22,0%, perdendo para A Serra (9,1% / 24,5%). Porém, Bem Me Quer (6,5% / 25,0%) conseguiu impor-se contra Bom Sucesso (4,3% / 18,2%). Tempo de Amar foi líder com 3,3% / 18,4%.
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?