Kaitlyn Dever e Cleopatra Coleman em Dopesick
Fotografia: Reprodução/D.R.

‘Dopesick’. Estreia na Disney+ a série que retrata a epidemia de opioides nos EUA

Dopesick estreia na sexta-feira, dia 12 de novembro, na Disney+. A série da Hulu, inspirada em factos reais, retrata a pior epidemia de opioides dos Estados Unidos da América.

Dopesick conta a história da Purdue Pharma e da crise nacional que os Estados Unidos sofrem desde que OxyContin (oxicodona) entrou no mercado, há 20 anos, devido ao uso indiscriminado da droga no país que gera milhões de viciados e, consequentemente, um alto índice de mortes. Esta série de drama transporta os espectadores ao epicentro do combate ao vício de opioides.

Os protagonistas da história têm a árdua tarefa de combater as forças corporativas por detrás da epidemia que viciou os Estados Unidos em oxicodona, a droga favorita do país. Desde as salas de reunião da Big Pharma, a uma frustrada comunidade mineira de Virgínia, até aos corredores do DEA, administração americana do combate às drogas, Dopesick revela a ganância que causou esta crise nacional e os seus aliados, desde médicos, a farmacêuticos e políticos.

Michael Keaton em Dopesick
Michael Keaton em Dopesick (Fotografia: Reprodução/D.R.)

Na trama, Michael Keaton dá vida a Samuel Finnix, um médico que trabalha com bondade e compaixão até se encontrar envolvido no fatal segredo da indústria farmacêutica relacionado com os opioides. Esta participação é o primeiro papel de Keaton numa minissérie desde The Company, em 2007.

Além de Keaton, o elenco conta com Peter Sarsgaard, Michael Stuhlbarg, Will Poulter, Kaitlyn Dever e Rosario Dawson. Para além do regresso de Keaton aos ecrãs, Dopesick conta com o ator também no papel de produtor e Danny Strong como produtor executivo.

Opioides: o que são?

Os opioides são uma classe de drogas derivadas da papoula de ópio, com variações sintéticas. Os opioides produzem efeitos semelhantes aos da morfina. São usados para aliviar a dor pelo seu efeito analgésico, enquanto também causam uma sensação de bem-estar exagerada, pelo que o seu consumo descontrolado pode causar dependência e vício. O elevado consumo pode provocar uma paragem respiratória.

Uma história real inspirada num best-seller

A minissérie é inspirada no livro homónimo best-seller do New York Times de Beth Macy, jornalista e escritora de não-ficção, originária de Urbana, Ohio, bem-sucedida desde o seu primeiro livro publicado, Factory Man.

O livro Dopesick (Dealers, Doctors and the Drug Company that addicted America) é de 2018 e, segundo o New York Times, “entrelaça magistralmente histórias de comunidades em crise com histórias sombrias de ganância corporativa e indiferença regulatória”.

A série é composta por oito episódios, de sensivelmente uma hora cada. Estreiam semanalmente às quartas-feiras, em exclusivo no Star+. O serviço Star+ fornece conteúdo de televisão e cinema mais maduro comparativamente ao conteúdo da plataforma Disney+, em que está integrado.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.