Ryan Reynolds para o Aviation Gin | Fotografia: Guy Aroch (Fonte: Facebook)

Ryan Reynolds: 45 anos com uma carreira repleta de comédia e ação

O Espalha-Factos dá um passeio pela vida e carreira do ator.

Ryan Reynolds completa 45 anos este sábado, dia 23 de outubro. Com um leque abrangente de trabalhos, o ator canadiano é especialmente conhecido por vestir a pele do anti-herói da Marvel, Wade Wilson/Deadpool. No entanto, há mais a recordar. Em honra do seu aniversário, o Espalha-Factos faz uma retrospetiva aos maiores sucessos da sua carreira.

Os primórdios

Ryan Rodney Reynolds nasceu a 23 de outubro de 1976 em Vancouver, Canadá. Filho do falecido James Chester Reynolds – vítima de Parkinson – e de Tammy Reynolds, é o mais novo de quatro irmãos numa família de ascendência irlandesa católica.

Aos 15 anos, Reynolds estreou-se no pequeno ecrã com a série canadiana-americana Hillside (nos Estados Unidos, conhecida por Fifteen), participando em 13 episódios. O seu gosto pela representação continuou a crescer, o que o levou a criar um grupo de improvisação, os Yellow Snow, depois de concluir o ensino secundário.

O ator chegou a frequentar a Universidade Politécnica de Kwantle. Durante o dia ocupava-se com os estudos e, durante a noite, trabalhava como empregado de balcão numa mercearia para se sustentar. Contudo, esta rotina não durou muito tempo pois, uns meses depois, desistiu da faculdade e, aos 19 anos, rumou até Los Angeles com um amigo em busca de trabalho e estabilidade.

Os primeiros papéis em Hollywood

Entre 1998 e 2001, Ryan Reynolds deu vida a Michael Bergen na sitcom Two Guys and a Girl. O papel valeu-lhe alguma atenção, o que levou ao seu primeiro papel notável no grande ecrã em National Lampoon’s Van Wilder (2002), que se tornou um cult hit.

Fotografia: National Lampoon’s Van Wilder (2002) / Divulgação

Embora o filme não tenha sido bem recebido pelos críticos, revelou-se um sucesso de bilheteira. Graças a este papel, Reynolds estabelece-se em Hollywood. Deste então, os trabalhos foram-se somando, experimentando um pouco de tudo. O canadiano passeou essencialmente pela comédia e ação, integrando o elenco de produções como Dick (1999), Foolproof (2003), Blade: Trinity (2004) ou Just Friends (2005).

Em 2005, estreou-se no cinema de terror em The Amityville Horror, um remake do filme homónimo de 1979. Inspirado numa história verídica, o ator deu corpo a George Lutz, o que lhe valeu o prémio da categoria Melhor Cena num Filme de Terror nos Teen Choice Awards.

A chegada ao estrelato

Em 2009, Ryan Reynolds entra no elenco do filme The Proposal, onde faz par romântico com Sandra Bullock, um grande sucesso de bilheteiras que acabou por se tornar numa das comédias românticas favoritas do público.

Fotografia: The Proposal (2009) / Divulgação

O ator canadiano é, depois, a grande estrela do thriller Buried (2010), onde interpretou o camionista Paul Conroy, que lhe valeu várias nomeações. Reynolds entrou ainda no mundo da DC Comics dando vida a Hal Jordan/Green Lantern em Green Lantern (2011). Foi durante as filmagens desta produção que conheceu Blake Lively, atual esposa e mãe dos seus três filhos.

Em 2016, Reynolds chegou, finalmente, aos olhos e corações de todo o mundo com o seu papel em Deadpool. O projeto era um objetivo pessoal do ator há vários anos, que já tinha dado vida à personagem, numa pobre versão da mesma, em X-Men Origins: Wolverine (2009), mas nem o filme, nem a caracterização do personagem, foram bem recebidos.

Desde então, Reynolds decidiu lutar até conseguir fazer justiça ao papel, chegando-lhe finalmente às mãos o projeto a solo. Deadpool foi bem recebido, sendo nomeado para os Globos de Ouro de Melhor Filme e Melhor Ator na categoria de Comédia. Dois anos depois, surgiu Deadpool 2,em resposta a todo este sucesso.

deadpool-trailer-2
Fotografia: Deadpool (2016) / Divulgação

Depois de Deadpool

Após o sucesso de Deadpool, Ryan Reynolds contracenou com Jake Gyllenhaal e Rebecca Ferguson no filme Life (2017) e, ainda no mesmo ano, protagonizou The Hitman’s Bodyguard, ao lado de Samuel L. Jackson.

Cinco filmes depois, 2021 já lhe trouxe mais sucessos. Ao lado de Taika Waititi, Jodie Comer e Joe Keery, o ator canadiano viaja pelo mundo dos videojogos no filme Free Guy, que se tornou num sucesso de bilheteira. Free Guy foi a segunda melhor estreia de Reynolds, apenas abaixo de Deadpool.

Fotografia: Free Guy (2021) / Divulgação

Entre os seus próximos projetos estão Red Notice, The Adam Project e Spirited. O primeiro tem estreia marcada para dia 12 de novembro na Netflix, mas os restantes ainda não receberam uma data oficial de lançamento.

Recentemente, o ator canadiano anunciou uma pausa “sabática” na sua carreira, por tempo indefinido. No entanto, a panóplia de trabalhos no seu currículo valeram-lhe já uma carreira de luxo, tornando-o num dos atores mais bem pagos do mundo do cinema.

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.