Clara de Sousa recorda RTP
Fotografia: Clara de Sousa / Instagram

‘Jornal da Noite’ e ‘Amor Amor’ são os mais vistos e distanciam SIC da TVI

Com esta vitória na informação e na ficção, a SIC vence a rival TVI com dois pontos de distância

O horário nobre da SIC foi a chave que deu ao canal uma liderança destacada do dia, com a informação e a primeira telenovela da noite a serem as peças principais do puzzle.

Amor Amor Vol. 2 (11,7% / 24,8%) liderou durante toda a emissão de quarta-feira (13) frente a Festa é Festa II (10,8% / 22,6%), mas foi o Jornal da Noite (12,2% / 25,2%) o programa mais visto do dia. O bloco informativo foi visto por 1 milhão e 154 mil espectadores, mais do que as segundas temporadas dos sucessos de ficção das privadas.

Os valores de audiência Total Dia (Live+VOSDAL), da responsabilidade da GfK/CAEM, indicam que os bons resultados no horário nobre levaram a SIC a distanciar-se com 19,7% de share frente aos 17,7% da TVI. A RTP1 marcou 12%, um valor superior à média de 11%.

O início de A Serra (9,1% / 24,3%) foi beneficiado pelos programas anteriores, mas acabou por perder frente a Bem Me Quer (9,2% / 24,2%). Quem Quer Namorar Com O Agricultor (7% / 22,2%) voltou a levar os espectadores para Paço de Arcos e marcou o melhor resultado da semana neste horário. Durante Bom Sucesso (4,5% / 21,6%) a SIC continuou a ser a preferida e as audiências só ficaram mais divididas entre Big Brother – Extra (3,1% / 20,6%) e Tempo de Amar (3,3% / 21,5%) que mesmo assim marcou um melhor resultado no geral da emissão.

Fernando Mendes vence os diários dos ‘realities’

O Preço Certo
Fotografia: RTP / Divulgação

O final de tarde continua a ser um horário de referência para o canal público, que conquistou a primeira posição com O Preço Certo (8,3% / 20,7%), frente aos diários dos realities Quem Quer Namorar Com o Agricultor (8,1% / 20%) e Big Brother (6,9% / 17,1%).

Na hora anterior, Portugal Em Directo (2,6% / 10,7%) atingiu o primeiro lugar no final da emissão, superando Fina Estampa (6,1% / 20,2%), que liderou destacada com Orgulho & Paixão (5,6% / 20%), face ao programa de Cristina Ferreira, que foi terceiro e continua a não ganhar destaque, com 3,5% de audiência média e 11,9% de quota de mercado.

Data especial baralha as contas das manhãs

Das 10h ao final da manhã, as Cerimónias de Fátima no 13 de outubro (3,2% / 20,1%), levaram a TVI ao primeiro lugar durante toda a emissão. Foi acompanhada por 305 mil espectadores, frente aos 265 mil que acompanham Casa Feliz (2,8% / 17%). Também a RTP1 fez uma transmissão especial a partir de Fátima, mas ficou em terceiro, com 2,6% de audiência média e 16,1% de share.

As transmissões acabaram por influenciar os blocos informativos da hora de almoço. O Primeiro Jornal baixou relativamente aos valores altos que tem habitualmente e marcou inclusivamente o valor mais baixo de audiência média, 5,7%. Já o Jornal da Tarde marcou o valor mais alto de quota de mercado, 20,2% e o Jornal Da Uma (4,5% / 18,9%) ficou pelo terceiro lugar no bloco.

Outros Destaques:

  • Bom Dia Portugal (1,5% / 18,9%) liderou confortavelmente no início do dia, seguido de Esta Manhã (1% / 11,2%) e Alo Portugal (0,9% / 10,3%);
  • Linha Aberta (3,6% / 19,2%) distanciou-se de A Única Mulher (3,4% / 17,9%);
  • Júlia (3,2% / 15,8%) e Goucha (3,3% / 16,6%) obtiveram valores próximos, mas a TVI ficou à frente nas contas finais. A Nossa Tarde (1,2% / 6,3%) continua distante.
  • Na informação da noite, longe da SIC, ficaram o Jornal das 8 (9,1% / 18,8%) na TVI e o Telejornal (7.9% / 16,8%) na RTP1.
  • A noite da RTP1 manteve a série Chegar A Casa (4,1% / 8,2%), que termina esta semana, e o concurso Joker (4,6% / 10,2%).
  • Elogio da Luz (0,3% / 0,8%), série documental sobre a importância da luz e da iluminação, deu os valores mais altos na noite da RTP2;
  • Passadeira Vermelha (0,7% / 10,4%), com novos comentadores, terminou em segundo lugar no horário, frente a Os Heróis (0,8% / 11,4%).
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?