Viver a Vida
SIC/Divulgação

‘Viver a Vida’ despede-se a liderar, mas sem fazer história

A telenovela Viver a Vida viu chegar ao fim a sua reposição na SIC esta sexta (8). A trama da autoria de Manoel Carlos foi líder no último episódio, mas ficou longe de alguns dos recordes que registou ao longo da transmissão, iniciada em outubro de 2020.

A história despediu-se com 8,6% de audiência média e 21,3% de share, concorrendo integralmente com O Preço Certo (7,3% / 19,2%) e Big Brother – Diário (6,7%/ 16,7%). O recorde de audiência registado por Viver a Vida este ano foi de 10,9%, num dos episódios emitidos durante o mês de fevereiro, altura em que o país se encontrava em confinamento.

No horário anterior, também Orgulho & Paixão (4,9% / 17,1%) e Fina Estampa (5,7% / 18,2%) foram líderes, embora a novela de Aguinaldo Silva tenha recuado para a pior audiência desde a estreia, reflexo de um episódio mais curto e em horário de menor consumo televisivo. Cristina ComVida (4,2% / 14,3%) foi segundo no horário.

‘Amor Amor’ volta a quebrar mas continua primeira

O volume 2 de Amor Amor bateu um novo mínimo de share, de 23,3%, com uma audiência de 11,6%. No entanto, continua a bater Festa é Festa em total de espectadores e no confronto direto. A novela da TVI marcou 11,5% de audiência média e 22,8% de share e não conseguiu superiorizar-se à concorrente durante mais que três minutos seguidos.

A Serra (9,5% / 23,9%) também voltou a liderar no confronto direto com Bem Me Quer (9,9% / 23,2%). A liderança foi mantida por Bom Sucesso (5,1% / 19,7%) e Tempo de Amar (4,4% / 21,6%).

Outros destaques

  • O Jornal da Noite (11,6% / 23,5%) foi líder nos noticiários, mas viu Jornal das 8 (9,9% / 20%) mais perto. O Telejornal (8,4% / 17,3%) ficou em terceiro.
  • Goucha (3,4% / 16,1%) venceu Júlia (3,3% / 15,3%). Antes, Linha Aberta (3,4% / 18,1%), com Ana Marques, ficou à frente de A Única Mulher (3% / 15,9%).
  • O Jornal da Uma (5,2% / 21,2%) cresceu, mas não o suficiente para ultrapassar o Primeiro Jornal (6,9% / 28,3%). O Jornal da Tarde (3,4% / 13,6%) ficou a oito pontos percentuais de distância do concorrente mais próximo.
  • Em dia de aniversário de João Baião, o Casa Feliz (3,2% / 21,9%) foi primeiro contra o Dois às 10 (3% / 20,6%). Praça da Alegria (1,6% / 11,5%) tem metade do público dos concorrentes.
  • Bom Dia Portugal (1,6% / 20,8%) distanciou-se de Esta Manhã (1,1% / 12%).
Já segues o Espalha-Factos no Instagram?