rock in rio lisboa 2022
Bárbara Tinoco e The Black Mamba. Fotografia: Hugo Garrido

Rock in Rio Lisboa. Bárbara Tinoco e The Black Mamba entre os novos nomes anunciados para 2022

Rock in Rio Lisboa está de volta. Em 2022, o Parque da Bela Vista volta a receber o icónico festival de música que, após adiamentos provocados pela pandemia, anuncia agora vários nomes portugueses e da lusofonia que vão atuar nos seus palcos, como Bárbara Tinoco, The Black Mamba, Delfins e Ney Matogrosso. O festival anunciou também outras novidades, incluindo as novas metas sustentáveis para 2030.

Nos dias 18, 19, 25 e 26 de junho, o Parque da Bela Vista, em Lisboa, enche-se novamente de música e de pessoas e “o mundo vai ser nosso outra vez”, como diz o mote desta edição do festival. No palco principal, o Rock in Rio Lisboa terá música para todos os gostos e idades. No primeiro dia (18), o evento abre com Liam Gallagher, The National e Foo Fighters. Já no dia seguinte, 19 de junho, são David Carreira, Ivete Sangalo, Ellie Goulding e The Black Eyed Peas que sobem ao Palco Mundo.

No fim de semana seguinte, o sábado leva-nos às últimas décadas do século passado, com Bush, Xutos & Pontapés, a-Ha e Duran Duran, os cabeças de cartaz num dia que contrasta com o de encerramento, domingo, dia 26 de junho. No último dia, vão passar pelo Palco Mundo os HMB, Jason Derulo, Anitta e, para fechar, Post Malone.

Mas a música não fica apenas no Palco Mundo. No Galp Music Valley, um espaço cujo conceito se baseia na intenção de pensar a “cidade do futuro”, vão passar vários nomes da música do mundo lusófono. No dia 18, The Black Mamba regressam ao Rock in Rio Lisboa, no mesmo palco que recebe, nesse dia, Linda Martini e Moullinex x Xinobi. Já no dia 19 são Edu Monteiro, IZA, Bárbara Tinoco e Funk Orchestra que passam pelo Galp Music Valley.

No sábado, dia 25 de junho, o tema mantém-se por todo o festival e o palco do Galp Music Valley recebe Ney Matogrosso e Delfins. Já no último dia do festival, são MC Rebecca e Mundo Segundo & Sam the Kid que o encerram.

O Rock in Rio Lisboa conta ainda com a nova Rock Street, onde se poderá ouvir world music, num espaço que “abraça o mundo e a sua pluralidade cultural”. O espaço convida quem visite o festival a participar numa “viagem sem barreiras geográficas”, como explica a organização em comunicado.

Nem só de música se faz um festival

Para além do Palco Mundo, do Galp Music Valley e da música que se poderá ouvir na Rock Street, o Rock in Rio Lisboa vai ter ainda vários outros espaços: o novo Palco Yorn, para novos talentos do entretenimento, o Super Bock Digital Stage, um espaço bem-humorado que traz o online para o offline, a Game Square, focada no mundo do gaming, o Chef’s Garden, onde se vão encontrar ofertas gastronómicas de vários chefs portugueses, e o ESC Online Sports Bar, um novo espaço dedicado ao desporto, bem como à promoção do fairplay. Para além destes, a Roda Gigante e o 7UP Slide também estarão de volta.

De olhos postos num futuro sustentável

Na apresentação oficial da edição 2022 do Rock in Rio Lisboa, Roberta Medina, vice-presidente executiva do festival, apresentou as novas Metas de Sustentabilidade do festival para 2030, que abrangem todas as diferentes edições do evento pelo mundo. Os novos objetivos surgem no contexto do mote “Por um Mundo Melhor”, adotado há já vinte anos, e incluem o de capacitar 100 mil pessoas, bem como de ser um evento completamente acessível, inclusivo e plural, sem lixo ou desperdício alimentar.

Lê também: Rock in Rio Humanorama abre inscrições. Gilberto Gil, Capicua e Sam the Kid estão confirmados