Christopher Nolan

Universal garante a produção do próximo filme de Christopher Nolan

A produtora Universal vai ser a casa para o próximo filme de Christopher Nolan. A narrativa da próxima produção cinematográfica do aclamado realizador vai ser baseada no cientista J. Robert Oppenheimer, cientista da Segunda Guerra Mundial e um dos pais da bomba atómica.

Depois de uma longa estadia na Warner Bros., que produziu e distribuiu quase toda a filmografia de Nolan, o realizador decide agora mudar-se para a Universal, depois de ter tecido duras críticas à decisão da Warner Bros. de estrear todos os seus filmes de 2021 no mesmo dia nas salas de cinema e como no digital, na plataforma de streaming HBO Max. “Alguns dos maiores realizadores e estrelas de cinema da indústria foram dormir a pensar que estavam a trabalhar para a melhor produtora cinematográfica, mas acordaram e descobriram que afinal trabalhavam para o pior serviço de streaming que existe” afirmou Christopher Nolan.

Segundo a plataforma Deadline, o novo projeto de Nolan tem autorização para começar a produção no primeiro trimestre de 2022. Apesar de ainda nada estar confirmado no que toca ao elenco do filme, alguns rumores indicam que Cillian Murphy, ator já bem conhecido do cineasta, poderá estar envolvido num papel de protagonista.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a Universal não era o único estúdio interessado no próximo projeto de Nolan. Também a Sony, a MGM e a Paramount estavam na corrida, mas acabaram por não ser a escolha final do realizador. Um orçamento de 100 milhões de dólares, total controlo criativo, 20% dos primeiros lucros do filme e mais de 100 dias nas salas de cinema foram algumas das exigências da mente à frente de Tenet que a Universal teve de aceitar para garantir o novo projeto do realizador.

Lê ainda: Eunice Muñoz. Documentário sobre vida da atriz estreia em novembro

Em relação à possível data de estreia, ainda pouco se sabe, apenas que a Universal espera lançar o filme no final de 2023 ou 2024. Ainda não são conhecidos pormenores como o título do novo trabalho do cineasta.