Fina Estampa
Fotografia: Globo/Divulgação

‘Fina Estampa’ substitui ‘Viver a Vida’ nos finais de tarde da SIC

Depois de ser apontada outra novela da Globo, está finalmente encontrada a substituta de Viver a Vida, que se encontra nos últimos episódios, nos finais de tarde da SIC. A estação aposta na repetição de Fina Estampa, que regressa à antena do canal quase 10 anos depois da transmissão original. A telenovela ainda não tem data de arranque definido.

Da autoria de Aguinaldo Silva, conta com Lília Cabral, Christiane Torloni, Dalton VighCaio Castro, Malvino Salvador, Carolina Dieckmann, Sophie Charlotte e Adriana Birolli no elenco principal. O português Paulo Rocha entra também no elenco, no papel de par romântico da protagonista.

Fina Estampa conta a história da açoriana Griselda da Silva Pereira (Lília Cabral), que se muda para o Brasil aos cinco anos; casa aos 14 e é mãe aos 15. Sozinha, criou os três filhos, Joaquim JoséJosé Antenor e Maria Amália. Griselda acredita que o marido Pereirinha (José Mayer) morreu durante um dia de pesca, já que o seu corpo nunca foi encontrado.

Pobre e a sustentar-se como mecânica, percebe que os filhos têm vergonha de si, ao mesmo tempo que, por sorte, ganha um avultado prémio na lotaria. A sua vida dá uma volta e envolve-se com Renê Velmont (Dalton Vigh), que é casado com Tereza Cristina (Christiane Torloni), que se revolta contra Griselda e se torna na principal vilã da história.

Ao ficar rica, acontece uma nova reviravolta na sua vida: Pereirinha revela estar vivo e quer conquistar a família e a fortuna da mulher. Aos poucos, Griselda percebe que a sua vida e a sua atitude estão a mudar para algo que a própria já não reconhece, tendo que decidir se vale mais manter a aparência ou ser fiel a si mesma.

Fina Estampa, que volta ao ar dez anos depois de ter sido emitida pela primeira vez, foi o maior sucesso da década no principal horário de ficção da Globo. A novela, antecessora de Avenida Brasil na sua emissão original, fez números elevados no país. Em Portugal, bateu também recordes de audiência, ultrapassando O Preco Certo, na RTP1, e Doida Por Ti, na TVI. A transmissão do último episódio, em 2013, marcou uma audiência média de 15,4% e share de 36,2%, correspondente a quase um milhão e meio de telespectadores.

No ano passado, a novela foi repetida no Brasil na faixa das 21h, a principal para as telenovelas, durante a interrupção de originais devido à pandemia. A repetição foi novo sucesso, registando-se valores mais elevados que Amor de Mãe, a novela de 2020 que estava no ar.

A novela é mais uma aposta da SIC em repetições para ocupar o bloco de telenovelas brasileiras ao final da tarde, depois de sucessos recentes, especialmente com Viver a Vida, que tem marcado recordes de audiência na segunda transmissão na SIC, mais de dez anos após a emissão original. A novela, da autoria de Manoel Carlos, foi originalmente emitida pela SIC entre 2009 e 2010 no horário das 23h, em 180 capítulos. Protagonizada por Mateus Solano, Alinne Moraes, Taís Araújo, José Mayer e Lília Cabral, encontra-se nos últimos capítulos. Bom Sucesso chegou a ser apontada como a substituta para os finais de tarde, estando agora a ser anunciada para as noites.

Já segues o Espalha-Factos no Instagram?

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.