Pôr Do Sol
Pôr Do Sol

‘Pôr do Sol’. “Se gostaríamos de fazer uma 2.ª temporada? Claro que sim”

A série da RTP1, Pôr do Sol, terminou na passada sexta-feira (3) e as redes sociais inundaram-se de comentários que demonstravam o desejo do público – e da equipa que a criou – por uma segunda temporada.

Rui Melo, um dos criadores do projeto, em conjunto com Manuel Pureza e Henrique Dias, não esconde a vontade de realizar uma nova temporada da série.

Se gostaríamos de fazer? Claro que sim. Agora, se isso é possível? Não faço ideia”.

Rui Melo confessa ainda que o registo de Pôr do Sol é “é das coisas mais divertidas de se fazer como ator”. O ator, que deu vida a Simão Bourbon de Linhaça, umas das personagens que mais marcou o público, ressalva a diversidade de conteúdos apresentados pelo canal público e a aposta em formatos diferentes e que fogem ao registo habitual transmitido pelas estações generalistas em horário nobre.

“Tem que se dar mérito à RTP pela capacidade que tem de investir e insistir em coisas fora da caixa, que não sejam o que as pessoas estão habituadas a ver. O Pôr do Sol é exemplo disso, o Chegar a Casa é exemplo disso”, referindo-se também à nova série do primeiro canal que estreia já na próxima quarta-feira (8).

A série, que satiriza o formato telenovela e a forma como é realizado em Portugal, registou um crescimento desde a estreia, apesar de ter mantido o terceiro lugar no horário. Na última semana de exibição, registou valores máximos de audiência média e quota de mercado (5,6%/11,4%). No dia 31 de agosto, foram 528 mil os espetadores que acompanharam Pôr do Sol.