À Escuta. Branko, Stereossauro e Gisela João, Maze e AZAR AZAR entre os destaques da semana

À Escuta, rubrica semanal do Espalha-Factos sobre os lançamentos da música nacional, está de volta e com ela chegam as mais recentes novidades da música portuguesa. Esta semana o destaque vai para a reinvenção de Gisela João por parte de Stereossauro, a simbiose entre Maze e AZAR AZARe o novo caloroso single de Branko.

Também falamos de novos trabalhos como o conjunto de remisturas do álbum dos Knok Knok, o novo single dos Cold and Deceased, faixas de Adler Jack, showdown de talento da label Yamba Waves, o novo projeto de Blaxkrot Construkt Ltd, o novo EP dos Hazolthag, a estreia WE SEA e o novo single de FeMa.

Stereossauro reinventa “Louca” de Gisela João

Gisela João volta a trazer uma reinvenção de um dos temas presentes no seu mais recente álbum AuRora, desta vez a remistura é engendrada pelo vigoroso e respeitado, cara-metade dos Beatbombers, o DJ e produtor Stereossauro. As performances vocais de Gisela João que já eram, na versão original, previamente impressionantes elevam-se a outro nível com a precursão sisuda e irreverente, que traz à faixa um sabor rock e mais significativamente hip-hop, tipicamente característico do conceituado produtor português, que eletrizam e dinamizam a faixa ‘Louca’.

MAZE AZAR AZAR unem-se par nos trazer Sub​-​Urbe Vol​.​1

A simbiose do produtor e multi-instrumentalista AZAR AZAR e do incontornável rapper MAZE (Dealema) pode finalmente ser ouvida em longa duração no disco Sub​-​Urbe Vol​.​1. O projeto entrega-nos um jazz rap requintado enquanto explora o típico e habitual boom bap que serve de cama para os incidentes versos que demonstram mais uma vez, sem surpresa, o porquê do MC natural do Porto ser uma das vozes mais indispensáveis do hip-hop português. O álbum ainda junta nomes como DJ SlimCutz, Manu Idhra, Ricardo Danin e Bruno Macedo.

Branko ajuda ao prolongamento do verão com o seu novo single ‘OOO’

As temperaturas elevam ao redor de qualquer dispositivo de áudio que esteja a passar o novo single do conceituado DJ e produtor BrankoÉ um tema ritmado, caloroso e que nos contagia com o seu ambiente efervescente e energético, tornando-se, automaticamente, num teste difícil quando tentamos permanecer estáticos. Uma faixa tropical que contagia qualquer ouvinte a dar um passinho de dança.

As remisturas de Gravidade dos Knok Knok

Neste novo projeto lançado pela UNHA, podemos encontrar um conjunto de remisturas do projeto Gravidade dos Knok Knok composto pela dupla Armando Teixeira e Duarte Cabaça, cujo objetivo baseia-se em dar a conhecer e unir diversos DJs e produtores de labels ainda frescas no cenário português. O que acabamos por encontrar é muito ritmo misturado com autênticas catarses eletrónicas, também passamos por momentos brutos e misteriosos que fazem deste projeto uma experiência bastante peculiar e dinâmica.  As remisturas contam com nomes como Miguel Torga, Sheri Vari, Vasco da Ganza entre outros.

Estreia dos Cold and Deceased com Unleash the Hordes from Hell

Grotesco, fantasmagórico e altamente impetuoso, o primeiro single do álbum Unleash the Hordes dos Cold and Deceased entrega-nos um competente black metal com um uma pequena perninha de death. A banda de Albufeira entrega uma promissora faixa do que poderá vir a ser um dos projetos mais surpreendentes do género a nível nacional. Branko Stereossauro Branko Stereossauro Branko Stereossauro Branko Stereossauro


Adler Jack traz-nos Devil May Care

Em Devil May Care, Adler Jack agarra-se a sintetizadores nostálgicos e a melodias cintilantes, para nos jogar contra uma agressiva e hiperativa eletrónica que nos ensurdece, num excelente sentido, devido à “violência” com o que os ritmos desordenados intercetam e captam toda a nossa atenção.

Yamba Waves com Phoenix

A label Yamba Waves, traz-nos todo o seu talento no projeto Phoenix. Do soul, ao funk, do house aos momentos banhados por algum techno, mas sem nunca deixar de trazer a energia groovy de disco, este álbum é uma experiência reconfortante e interessante que promete satisfazer quem procura uma audição confortável ou qualquer fã deste género de eletrónica.

Blaxkrot Construkt Ltd e o seu Blaxkrot Construkt Ltd III: miss revenjie of the splits

Através de guitarras, baixos e renovações de samples, Guilherme Sequeira confunde-nos a vida quando tentamos denominar o género presente nestas faixas. Vai desde o mais puro avant-garde, passa pelo experimental, navega tangente ao drone e ambiente e ainda tem umas pitadas de noise e glitch. De qualquer das formas, o que se ouve em Blaxkrot Construkt Ltd III: miss revenjie of the splits está longe de ser entediante ou unidimensional.

Hazolthag faz jus ao título em Everything Burns

Eletrizante e efervescente, são adjetivos que podemos colocar ao novo EP dos Hazolthag. Os riffs ferozes e severos que viajam pelo prog metal ao rock, e até mesmo a alguma influência stoner, são suficientes para manter os ouvintes agarrados a um dos EPs que a banda promete lançar mensalmente.

WE SEA estreiam-se com ‘Seja Como For’

Vindo dos Açores, vem um tema indie e orelhudo da banda que aqui se estreia os WE SEA. Uma energia catita e delicada que dá espaço a um refrão cativante devido à emoção e letra que nos levam por este “mar” de potencial que é criado para este álbum de estreia Cisma, agendado para estrear no dia 13 de setembro.

FeMa. apresenta ‘May’

As delicadas guitarras abrem portas aos densos e robustos vocals para imperarem nesta faixa que também nos oferece uma bassline gorda e orelhuda que é embelezada pelas cintilantes guitarras que acompanham o groove abusivo que se deita sobre o resto do arranjo.