Manifest
Fotogtafia: Peter Kramer/NBC/Divulgação

‘Manifest’. Netflix salva série depois de ter sido cancelada pela NBC

A Netflix encomendou uma quarta (e última) temporada de Manifest, com 20 episódios, que será maior que qualquer uma das anteriores que estreou na NBC. A plataforma de streaming ‘salvou’ a série depois de ter sido cancelada pelo canal norte-americano.

Com esta decisão da Netflix, a série sofre uma grande reviravolta. Depois de três primeiras temporadas na NBC, a rede cancelou-a inesperadamente em maio, deixando os argumentistas sem a possibilidade de dar o final desejado à trama. A produtora Warner Bros. tentou comprar os direitos de Manifest, mas sem sucesso ao princípio.

Contudo, com as temporadas anteriores cada vez mais populares no catálogo da Netflix e uma campanha ativa de fãs nas redes sociais com o hashtag #SaveManifest, à qual também aderiu o elenco da série, o serviço de streaming acabou por fechar definitivamente o negócio. Este acordo inclui também a chegada da terceira temporada à Netflix, ainda sem data definida.

“Desde a estreia na Netflix em junho, Manifest provou ser muito popular entre os nossos utilizadores”, referiu Bela Bajaria, chefe de global TV da Netflix, em comunicado. “Jeff Rake e sua equipa criaram um mistério cativante que deixa os telespectadores de todo o mundo ansiosos e a acreditar novamente em segundas hipóteses e estamos entusiasmados para que eles tragam aos fãs um desfecho nesta temporada alargada”.

“O que começou há uns anos atrás como um desvario de profunda fantasia na minha imaginação evoluiu para uma jornada de uma vida”, referiu o showrunner Jeff Rake“Nunca nos meus sonhos mais selvagens poderia prever a demonstração mundial de amor e apoio a esta história, as suas personagens e à equipa que trabalha tanto para dar vida a tudo isto. O facto podermos de recompensar os fãs com o final que eles merecem comove-me sem parar. Em nome do elenco, da equipa, dos escritores, diretores e produtores, obrigado à Netflix, à Warner Bros. e, claro, aos fãs. Vocês fizeram isto”, disse.

Uma temporada alargada com direito a revelação especial

A novidade foi avançada pela Netflix às 8h28 da manhã, no sábado (28). Esta escolha não foi despropositada: trata-se de uma brincadeira como referência ao fatídico voo 828, elemento da história que mudou a vida de todas as personagens de Manifest.

A última temporada encomendada será maior do que todas as anteriores que estrearam na NBC, com 20 episódios, independentemente de virem a ser lançados todos de uma vez ou não – a primeira contou com 16 episódios e a segunda e terceira ambas com 13.

Para os mais distraídos, Manifest conta a história de um avião que, apesar de apenas umas horas a voar, aterra misteriosamente mais de cinco anos e meio após a descolagem e os seus passageiros deparam-se com um mundo do qual não acompanharam a evolução. A série é protagonizada por Melissa Roxburgh, Josh Dallas e Athena Karkanis.

O elenco já reagiu positivamente à novidade. “Estamos de volta”, tweetou Roxburgh (Michaela Stone na série). Josh Dallas (que interpreta Ben) publicou uma fotografia com a esposa Ginnifer Goodwin e os filhos numa ida ao jogo dos Los Angeles Football Club contra os LA Galaxy, na qual colocou a descrição: “grande forma de celebrar a nova temporada de Manifest na Netflix”.

Jeff Rake, o criador da série, manifestou a sua alegria através do Twitter“SALVA! Quem fez isto? VOCÊS fizeram isto!”