Walker: Ranger do Texas
Fotografia: Divulgação

‘Walker, O Ranger do Texas’ faz sucesso e leva RTP Memória a recorde anual

Walker, o Ranger do Texas, em reposição pela RTP Memória nas noites de segunda a sexta-feira tem sido um sucesso entre os espectadores da TDT. O período de férias tem consolidado os resultados do enredo protagonizado pelo imbatível Chuck Norris.

A série norte-americana, que num total de 114 emissões acumula uma média de 1% de audiência média e 2% de share, tem feito especial sucesso entre os espectadores que têm apenas acesso aos canais abertos da TDT, nos quais se inclui a RTP Memória.

70% da audiência de Walker, O Ranger do Texas é constituída por espectadores sem acesso à televisão paga. Nesse segmento, a série alcança uma média de 5,9% de audiência média e 10,6% de share e ainda esta semana teve um episódio, o de quinta, com um share de 18,6% e uma audiência de 10,8%, a maior desde que estreou. No entanto, os espectadores da TDT representam pouco mais de 10% dos portugueses.

No episódio desta sexta-feira, e já tendo em conta o universo geral, Chuck Norris conquistou 1,3% de audiência média e 2,7% de share, ocupando o quinto lugar no ranking dos canais portugueses. No mesmo horário, a CMTV marcava 4,1% de share, a SIC era líder com 24,2%, a TVI tinha 19,4% e a RTP1 ficava pelos 10,4%.

Lê também: Guia TV. ‘Ele é Demais’ é destaque no streaming e RTP1 aposta no cinema

Quem vê Walker?

No conjunto dos episódios, os públicos com maior adesão à série retro da RTP Memória são os jovens entre os 15 e os 24 anos, com uma média de 3,3% de share, mas também os indivíduos com 55 a 64 anos, com 3,2% de share e dos 45 aos 54 (2,8%). A série destaca-se ainda no Status D (classe média-baixa), com 3,1% de share, e nas regiões do Alentejo (5,5% de share) e Centro (2,6% de share).

Pela negativa, a série é virtualmente inexistente para o público dos 25 aos 34 anos (0,4% de share) e para as Classes AB (0,2% de share).

Uma lenda dos anos 90

Walker, O Ranger do Texas, produzida entre 1993 e 2001 pela CBS, foi transmitida pela primeira vez em Portugal nas tardes de fim-de-semana da SIC. O caráter moralista e lamechas das cenas acabou por torná-la objeto de sátira mais na década passada, no programa do humorista Conan O’ Brien.

O Sargento Cordell Walker (Norris), ranger do Texas e ex-marine, investiga crimes na cidade de Dallas e por todo o estado do Texas. Sempre de chapéu de cowboy, é fã das leis do velho Oeste e exímio praticante de artes marciais. Para o ajudar, entram em cena o parceiro mais novo James Trivette (Clarence Gilyard Jr.); a procuradora e interesse romântico do protagonista, Alex (Sheree J. Wilson); ou C.D. Parker (Noble Willingham), um velho ranger que dá conselhos de vida a Walker.

Com a investigação a crimes de todo o tipo, desde famílias em apuros a criminosos procurados, a série criada por Leslie Greif e Paul Haggis tornou-se um fenómeno de culto transmitido em mais de 100 países ao longo das últimas décadas.

Este ano, a série recebeu uma nova versão, protagonizada por Jared Padalecki (Sobrenatural). Walker estreou em janeiro na norte-americana The CW e, apesar das críticas medianas foi renovado para uma segunda temporada.

No total diário desta sexta, a RTP Memória marcou 1,1% de share, o melhor resultado do ano. A contribuir para o bom score do canal do arquivo estiveram ainda o humorístico Fábrica da Anedotas (0,4% / 2,3%), a telenovela Vidas de Sal (0,5% / 2,1%), a série Os Imortais (0,7% / 1,6%) e ainda os clássicos Jogos Sem Fronteiras (0,3% / 1,3%).

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.