Vesemir em The Witcher: Nightmare of the Wolf
Imagem: Netflix

‘The Witcher: Nightmare of the Wolf’ mostra-nos o passado do mentor de Geralt of Rivia

Antes do regresso de The Witcher para a segunda temporada com Geralt, Yennefer e Ciri em dezembro, a Netflix lançou, esta segunda-feira (23), o filme de animação The Witcher: Nightmare of The Wolf, uma história sobre Vesemir (Theo James), outro witcher da escola do lobo e mentor de Geralt of Rivia, o protagonista da saga.

Este filme explora uma aventura passada de um Vesemir mais jovem, onde a chegada de um novo tipo de monstro a um reino em conflito o leva a confrontar o seu passado.

Para além de Theo James, o elenco conta com as vozes de Mary McDonnell (Battlestar Galactica, Donnie Darko), Laura Pulver (Sherlock, Edge of Tomorrow) e Graham McTavish (Trilogia O Hobbit, Outlander)

Curiosamente, McTavish também vai participar na segunda temporada de The Witcher, com estreia marcada para o final de 2021, mas num papel diferente. Enquanto que em Nightmare of the Wolf o ator dá voz a Deglan, na série vem interpretar o papel de Dijkstra, um espião influente no circulo social do Continente.

Outro ator que marca presença em ambas as produções do mundo Witcher é Tom Canton, que regressa para dar voz ao rei elfo Filavandrel, personagem que já interpretou na primeira temporada de The Witcher lançada em 2019.

Filavandrel (Tom Canton) em The Witcher: Nightmare of the Wolf
Imagem: Netflix

No que toca à animação, Studio Mir é o estúdio responsável, e os fãs de animação já devem estar familiarizados com o seu trabalho. Ganhando destaque inicialmente pelo seu trabalho em The Legend of Korra, o estúdio sul-coreano conta com vários créditos para a Warner Bros. Animation e a Netflix, nomeadamente com as séries Kipo and the Age of the Wonderbeasts e Dota: Dragon’s Blood.

Expansão do universo ‘Witcher’ a todo o gás

O filme é o primeiro de vários projetos anunciados pela Netflix para expandir o mundo criado por Andrej Sapkowski para além da história de Geralt, Yennefer e Ciri retratada na série principal.

Uma mão com um medalhão de Witcher em The Witcher: Nightmare of the Wolf
Imagem: Netflix

The Witcher: Blood Origin, uma minissérie spin-off atualmente em desenvolvimento, vai debruçar-se sobre o mundo dos elfos, alguns 1200 anos antes de Geralt, e a circunstancias por detrás da criação do primeiro witcher.

The Witcher sempre foi posicionado pela Netflix como a sua grande saga, equivalente a Game of Thrones e as suas futuras spin-offs como House of Dragon, ou à série O Senhor dos Anéis na Amazon Prime, já apontada como a série mais cara de sempre por episódio, mesmo antes de ser oficialmente revelada ao público.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.