Anthony Mackie
Fotografia: Divulgação Marvel

Marvel confirma Anthony Mackie como protagonista de ‘Capitão América 4’

Anthony Mackie foi oficialmente confirmado como o protagonista do próximo Capitão América 4. O ator vai substituir Chris Evans como o herói da Marvel, depois de assumir a identidade na série O Falcão e o Soldado do Inverno.

Em abril, The Hollywood Reporter já tinha avançado que o quarto filme do Capitão América dos Marvel Studios já estava a ser desenvolvido. Até Vingadores: Endgame, o Capitão América foi Steve Rogers, interpretado por Chris Evans.

Anthony Mackie, que interpreta Sam Wilson, também conhecido como o Falcão, já participou em seis filmes do Universo Cinemático da Marvel, começando em Capitão América 2: O Soldado do lnverno (2014). Agora, Sam Wilson aceita finalmente o escudo que lhe foi deixado por Steve Rogers no final de Vingadores: Endgame (2019). Este marco apresenta uma história já representada anteriormente na banda-desenhada da Marvel, em Captain America: Sam Wilson, de Nick Spencer.

Ainda não foi anunciado o realizador do Capitão América 4, como está a ser chamado por enquanto, nem nenhum outro nome no elenco. No entanto, espera-se que atores de O Falcão e o Soldado de Inverno regressem neste filme, como Sebastian Stan, que dá vida a Bucky Barnes, o Soldado do Inverno, cuja presença na longa-metragem ainda não foi confirmada. Nas redes sociais, o ator comemorou a notícia de que Anthony Mackie seria, oficialmente, o novo herói no filme.

(Fotografia: Legião dos Heróis / Instagram Sebastian Stan)

Lançada em março na plataforma de streaming  Disney+, O Falcão e o Soldado do Inverno acompanhou as aventuras da dupla para impedir as ações de um grupo terrorista, terminando com Sam Wilson (Mackie) a assumir a responsabilidade e o papel de Capitão América.

Formando dupla com Bucky (Stan), ambos desenvolvem uma amizade, ao mesmo tempo que  tentam deixar para trás os problemas do passado. Enquanto o Falcão sente a responsabilidade do escudo de Steve Rogers, Bucky tenta lidar com a culpa das suas ações enquanto esteve sob o controlo da Hydra.

A série focou-se em algumas questões raciais, questionando a reação pública e governamental a um Capitão América negro ou olhando para o racismo quotidiano enfrentado por Sam Wilson e a sua família,