Pedro Penim nomeado novo Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II

Pedro Penim será o novo Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II

O ator, encenador e dramaturgo foi apontado pelo Governo para substituir Tiago Rodrigues

Pedro Penim vai ser o novo Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II, anunciou esta quarta-feira (18) o Ministério da Cultura. O ator, encenador e dramaturgo vai substituir Tiago Rodrigues, que deixa o cargo que ocupa desde 2015 para assumir a Direção Artística do Festival d’Avignon.

Pedro Penim afirma receber “com confiança, grande satisfação e honra esta nomeação da Senhora Ministra da Cultura para dirigir artisticamente o Teatro Nacional D. Maria II, um organismo dinâmico com uma missão consagrada na lei”, e promete construir um projeto “que seja ao mesmo tempo inovador e apoiado na memória histórica do teatro português e mundial”,  lê-se no comunicado enviado pelo Teatro.

Receberei esta direção dos braços calorosos do Tiago Rodrigues, um artista emblemático, um colega com quem comecei a dar os primeiros passos no teatro com a [companhia belga] tg STAN e que fez do D. Maria II um projeto público estável, de grande criatividade”, acrescenta o novo diretor, em demonstração de apoio ao colega e antecessor.

Pedro Penim irá cumprir um mandato de três anos, apontado pelo Ministério da Cultura, e vai substituir Tiago Rodrigues antes da conclusão do terceiro mandato do encenador, marcada para 2023. A entrada em funções da nova direção será anunciada em breve, mas será ainda Tiago Rodrigues a apresentar, a 2 de setembro, a programação do Teatro Nacional D. Maria II (TNDM) para a temporada de 2021/22, adianta o Público. Pedro Penim deverá assumir o cargo ainda no último trimestre deste ano.

Embora nunca tenha dirigido um teatro, pelo menos desta envergadura, sinto-me muito capaz de assumir este cargo e de imprimir a minha personalidade, a minha forma de olhar o mundo, ao D. Maria”, afirma o novo diretor apontado, em entrevista ao mesmo jornal.

Ministério da Cultura escolhe artista completo para nova direção do D. Maria II

Cláudia Belchior, Presidente do Conselho de Administração do TNDM, também reagiu à nomeação. “Esta escolha é o reconhecimento do notável e diversificado percurso artístico que Pedro Penim desenvolve há mais de duas décadas”, atesta no comunicado enviado pelo Teatro. A presidente congratulou ainda Tiago Rodrigues pelo “seu sentido de serviço público e o extraordinário trabalho que aqui desenvolveu nos últimos seis anos, que muito contribuiu para afirmar este teatro e o teatro português no panorama nacional e internacional.”

Nascido em Lisboa em 1975, Pedro Penim foi o fundador do Teatro Praga, companhia emblemática do teatro português contemporânea, e do espaço Rua das Gaivotas 6, na Graça, em Lisboa, de apoio à criação artística experimental. É também ator, encenador e dramaturgo, onde conta com vários espetáculos enquanto criador e intérprete em nome próprio, como Antes (2017), I Am Europe (2015), O Nome da Rosa (2015) ou Israel (2011).

Licenciado em Teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Pedro Penim trabalhou ainda com outras companhias de teatro, como a Comédias do Minho e o Teatro Aberto. Paralelamente, tem desenvolvido a sua atividade como programador, tradutor, formador e conferencista. Foi apresentador dos programas Clube Disney, na RTP, e da versão portuguesa do Art Attack. Em 2018 foi um dos anfitriões do press center da Eurovisão em Lisboa.

Pedro Penim prepara-se para estrear, no Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, a peça Pais & Filhos, uma adaptação do original de Ivan Turgueniev, um clássico de 1862. A estreia está marcada para 15 de setembro e vai abrir a nova temporada do São Luiz. Conta com interpretações de Ana Tang, Bernardo de Lacerda, David Costa, Diogo Bento, Hugo van der Ding, Joana Barrios, João Abreu, Pedro Penim e Rita Blanco.