Cristina ComVida
TVI/Divulgação

Cristina Ferreira regressa e lidera audiências por 15 minutos

Cristina Ferreira voltou à antena da TVI esta segunda (15), com o Cristina ComVida a retomar a sua posição na grelha. O talk-show da diretora de Entretenimento e Ficção, habitualmente em segundo lugar no horário das 18h, conseguiu chegar à liderança por alguns instantes.

O formato marcou 4,5% de audiência média e 15% de share, naquele que foi o valor de quota de mercado mais alto dos últimos dois meses. Cristina Ferreira chegou mesmo ao primeiro lugar entre as 18h41 e as 18h57. A novela Orgulho & Paixão (4,9% / 15,6%) voltou a ser o calcanhar de Aquiles da tarde da SIC, depois de ter cedido a liderança a O Amor Acontece na última semana. Viver a Vida (5,6% / 18,4%), ainda que abaixo da média anual, segurou a liderança e nunca deu espaço à TVI.

Já o regresso de Fernando Mendes, com um novo episódio de Preço Certo (7,3% / 20,3%), garantiu à RTP a liderança no horário das 19h, sendo o programa mais visto durante toda a emissão. O diário de Quem Quer Namorar com o Agricultor (7% / 19,3%) manteve-se distanciado de O Amor Acontece (5,5% / 15,4%), agora de novo em dose única.

Regresso de Baião reafirma ‘Casa Feliz’

A nova quinzena marcou também o regresso das duplas aos programas da manhã. A começar à mesma hora, Dois às 10 (3,7% / 18,1%) e Casa Feliz (4,3% / 21,1%) retomaram o duelo habitual, com o programa da TVI a ter vantagem no primeiro bloco, mas a perder gás para o congénere logo a partir das 11h.

Com o fim da Volta a Portugal, 7 Maravilhas da Nova Gastronomia, em direto de Lamego, apresentou-se em dose dupla. Conduzido por Joana Teles, José Carlos Malato e Rita Belinha, a manhã foi dedicada à categoria petiscos (1,5% / 7,8%) e a tarde à categoria vegetariana (1,6% / 6,3%), mas nenhum dos blocos convenceu.

De pedra e cal continua a informação da SIC. O Primeiro Jornal (8,5% / 27,3%) venceu destacado o Jornal da Uma (6,2% / 20,2%) e o Jornal da Tarde (3,8% / 12,1%). O Jornal da Noite (10,4% / 23,4%) foi também o mais visto durante toda a emissão, seguido do Jornal das 8 (7,9% / 17,6%) e do Telejornal (7,5% / 17,3%).

RTP1 continua sem convencer no horário nobre

Para aquecer ainda mais o verão, a RTP1 apostou numa novela que é uma sátira às novelas. Pôr do Sol (4,5% / 9,5%) estreou às 21h e, apesar do elenco de luxo, manteve-se afastada dos finais dos telejornais da SIC e TVI. A série criada por Henrique Dias, Rui Melo e Manuel Pureza foi vista por uma média de 426 mil e trezentos espectadores durante a meia hora de emissão.

Preenchida por repetições, a grelha noturna do canal público continua a marcar resultados pouco satisfatórios. Nem a repetição de Quem Quer ser Milionário: Alta Pressão (4,2% / 8,9%), nem as séries Crónica dos Bons Malandros (1,7% / 4,4%) e O Atentado (0,7% / 2,7%), a atingir o valor mais baixo de share, convencem os espectadores.

E são mesmo as novelas que continuam a dominar o horário nobre. Dados globais, a noite foi mais uma vez da SIC, mas a estação de Queluz nunca esteve longe. Amor Amor (11,6% / 24,3%) e Festa é Festa (11,5% / 24,3%) continuam a dividir espectadores, assim como A Serra (10,5% / 25,3%) e Bem me Quer (10,9% / 24,8%).

As escolhas continuaram divididas noite fora. Amar Demais (8,7% / 22,7%)  ainda se destacou face ao segmento Quem Quer Namorar com a Agricultora? (8,1% / 21,8%), e a Tempo de Amar (6,1% / 21,6%). O diário de Quem Quer Namorar com o Agricultor (3,5% / 18,0%) obteve uma ligeira vantagem face à repetição de Mulheres (3,8% / 16,6%). Golpe de Sorte: Edição Especial (1,5% / 11,9%) e o diário da noite de O Amor Acontece (1,7% /12,7%) fecharam as contas do dia.

Em totais diários, a SICTVI marcaram respectivamente 19,6 % e 17,3% de share, valores enquadrados com a média anual. A RTP1 marcou 9,5% e a RTP2 os habituais 1,2%.

Outros destaques:

  • Bom Dia Portugal (1,3% / 16%) continua a ser o eleito do início da manhã, com valores mais elevados que a Edição da Manhã (0,5% / 9%) e Alo Portugal (1% / 8,5%) da SIC e Diário da Manhã (0,4% / 12,1%) e Esta Manhã (1,4% / 13,9%) da TVI;
  • A repetição de A Única Mulher (4,1% / 16,3%) voltou a reunir preferências frente a Linha Aberta (3,7% / 14,6%);
  • Goucha (4% / 15,6%) foi mais visto que Julia (3,8% / 14,8%);
  • A marcar máximos de share estiveram os episódios das séries Último Tango em Halifax (0,8% / 1,7%) transmitida na RTP2 e Walker o Ranger do Texas (1,5% / 3,3%) na RTP Memória. Este último chegou a ocupar o terceiro lugar entre os espectadores da TDT.

Dados de audiência da GfK/CAEM.