Audiências O Amor Acontece
Fotografia: Instagram / O Amor Acontece

‘O Amor Acontece’ bate máximo e supera audiência da novela ‘Orgulho e Paixão’

Esta quinta-feira (12) a SIC manteve a habitual liderança diária das audiências, mas viu a TVI muito próxima do primeiro lugar. Foram vários os programas da estação de Queluz a reunirem a preferência dos espectadores, o que explica o resultado diário acima da média anual do canal. O destaque do dia foram os blocos dedicados ao programa O Amor Acontece, que bateram novos máximos e conseguiram mesmo tocar na liderança.

Com as férias do formato habitual das 18h, o Cristina ComVida, a TVI apostou ao longo das últimas duas semanas em dose dupla de O Amor Acontece. O primeiro bloco dedicado ao reality, chamado A Discussão (5,1% / 16,6%), é o que se tem revelado mais competitivo e bateu, esta quinta-feira, novos máximos de audiência média e quota de mercado. O programa conduzido por Mafalda Castro foi vice-líder frente a Viver a Vida (5,8% / 19,3%), mas conseguiu ocupar a dianteira durante o capítulo do dia de Orgulho e Paixão (5,6% / 17,5%). O Portugal em Direto (2,8% / 9,3%) não deu luta às privadas.

Já na faixa das 19h, o Diário (6% / 16,3%) não se conseguiu impor e manteve o habitual terceiro lugar. Apesar de ter ocupado o último lugar do pódio, o bloco marcou um novo máximo de rating. Na liderança das audiências esteve o Quem Quer Namorar com o Agricultor? (7,9% / 21,4%), que superou a repetição de O Preço Certo (6,9% / 18,7%).

O filme do dia

A TVI começou o dia da melhor forma, com o Esta Manhã (1,8% / 16,2%) a garantir a liderança das audiências durante a última hora de emissão. O programa de Nuno Eiró e Sara Sousa Pinto esteve durante a grande maioria do tempo no segundo lugar, atrás do Bom Dia Portugal (1,3% / 16,1%). A SIC com a Edição da Manhã (0,4% / 7,7%) e o Alô Portugal (1% / 8,9%) esteve sempre muito longe da dianteira.

Logo depois, Cláudio Ramos conseguiu manter a preferência dos espectadores e, com o Dois às 10 (3,8% / 18,3%), segurou o primeiro lugar. Diana Chaves com o Casa Feliz (3,4% / 16,9%) não foi além da vice-liderança, o que aconteceu pelo segundo dia consecutivo, embora se tenha destacado e liderado as audiências a partir das 12h20. A RTP1 emitiu o Há Volta (1,9% / 9,7%) a partir de Bragança e chegou a estar à frente da SIC durante os primeiros 20 minutos do programa, apesar de ter fechado as contas a grande distância das privadas.

Se a manhã correu bem à Quatro, a tarde começou de feição para a SIC. O Linha Aberta (4,8% / 18,5%) conseguiu fechar na liderança das audiências, mas viu A Única Mulher (4,6% / 17,8%) bem próxima. A novela em reposição na TVI conseguiu estar no primeiro lugar durante cerca de 30 minutos não consecutivos.

Logo de seguida, Júlia (3,6% / 14,1%) e Goucha (3,8% / 14,9%) dividiram uma tarde muito renhida em que também a RTP1 esteve no primeiro lugar. Entre as 15h e as 17h, o canal público emitiu a Volta a Portugal (4,1% / 16,3%), que conseguiu liderar durante a última hora de transmissão. Na faixa das 16h, Júlia Pinheiro foi vice-líder e Manuel Luís Goucha terceiro, mas na faixa das 17h, e já sem a prova de ciclismo, a TVI assumiu a dianteira, Júlia permaneceu na segunda posição e a RTP, com Os Heróis do Dia (2,7% / 10,9%) caiu para o último lugar do pódio.

‘Festa é Festa’ volta a ser o programa mais visto do dia

Festa é Festa audiências
TVI Divulgação

Festa é Festa (12,7% / 26%) foi o programa mais visto desta quinta-feira. Em média, foram mais de um milhão e 205 mil espectadores a acompanhar a história ambientada na aldeia da Bela Vida. A principal novela da TVI perdeu durante os minutos iniciais para Amor Amor, mas rapidamente subiu ao primeiro lugar onde se manteve até ao fim do episódio. Amor Amor (12,2% / 25,4%) ocupou o segundo lugar, ao reunir a preferência de um milhão e 159 mil espectadores.

A história de Romeu Santiago voltou à dianteira assim que na TVI começou Bem Me Quer. Amor Amor entregou a liderança à colega de grelha A Serra (10,7% / 26,4%), que liderou durante os 20 minutos iniciais. Depois, Bem Me Quer (11,1% / 25,4%) superou a concorrência e agarrou o primeiro lugar durante os últimos 20 minutos do episódio. Com o fim da novela protagonizada por José Condessa, a liderança voltou para a SIC, que ainda tinha no ar A Serra.

Bem Me Quer teve o seu início 10 minutos mais cedo do que A Serra e a novela da SIC terminou 10 minutos mais tarde que a da TVI. É isto que explica o facto de Bem Me Quer ter reunido um maior número de espectadores (11,1% face aos 10,7% d’ A Serra), mas ao mesmo tempo a aposta da SIC ter conseguido um share mais alto (26,4% face aos 25,4% de Bem Me Quer). Com o avançar das horas há menos público disponível e, tendencialmente, há uma subida da quota de mercado, em função da manutenção de uma audiência mais alta em horários com menor consumo televisivo no geral.

Amar Demais (8,6% / 24,2%) subiu ao primeiro lugar do pódio assim que na SIC começou Quem Quer Namorar com a Agricultora? (7,4% / 21,7%) e lá se manteve até ao fim do capítulo do dia, superando também os instantes iniciais de Tempo de Amar (6,4% / 23,7%). A novela da Globo e a repetição do Diário dos Agricultores (3,7% / 20,6%), que bateu um máximo de share, foram suficientes para liderar frente a Mulheres (3,5% / 16,5%).

No total do dia a SIC manteve a liderança das audiências com 19,5% de share, um valor uma décima inferior à média anual da estação. Bem perto da dianteira, a TVI conseguiu chegar aos 18,3% de quota de mercado diária, subindo 1,2 pontos percentuais face à média. Longe da luta das privadas, a RTP1 desceu 0,8 p.p. face à média, para 10,5% de share diário. A RTP2 marcou 1,4% de quota de mercado diária e a CMTV, o canal mais visto do Cabo, 4,3%.

Outros destaques:

  • A informação da SIC mantém-se como a preferida. O Primeiro Jornal (8% / 26,1%) liderou confortavelmente frente ao Jornal da Uma (6,6% / 21,4%) e ao Jornal da Tarde (3,4% / 10,9%). À noite, o Jornal da Noite (10,7% / 24,6%) foi o único a superar o milhão de espectadores, batendo o Telejornal (7,2% / 17%) e o Jornal das 8 (8,9% / 20%), que só subiu ao segundo lugar depois do fim do informativo da RTP1;
  • O horário nobre da estação pública continua sem incomodar as privadas. As repetições de Quem Quer Ser Milionário? – Alta Pressão (4,9% / 10,2%), da Crónica dos Bons Malandros (2,1% / 5%) e de O Atentado (0,9% / 3%) estiveram sempre muito distantes da dianteira. O Atentado bateu mesmo mínimos de rating e de share;
  • Emitido depois da 1h20, o episódio de Golpe de Sorte – Edição Especial (1,9% / 15,1%) bateu a repetição do diário de O Amor Acontece (1,7% / 13,4%).
  • Com transmissão a partir das 17h50 na RTP2, o jogo entre Suécia e Portugal a contar para a qualificação para o Campeonato do Mundo de Basquetebol 2023 (0,4% / 1,3%) foi acompanhado, em média, por 41 mil e 200 espectadores.
No episódio desta semana do Fita Isoladora foi debatida a transmissão das modalidades desportivas em sinal aberto. Ouve aqui: