Videoclube. ‘Eighth Grade’ é um retrato demasiado real da adolescência

Esta semana, o videoclube enfrenta a adolescência nos tempos modernos em Eighth Grade (2018), o primeiro (e até agora único) filme do ex-YouTuber, comediante, músico e sensação de quarentena Bo Burnham (Inside, Make Happy).

O filme retrata a última semana de Kayla (Elsie Fisher) antes de embarcar para o secundário, uma que a vê a comtemplar a sua identidade à medida que procura pertencer no mundo social que sempre viu de fora.

Ouve o episódio do Videoclube desta semana:

Enquanto Diogo, Juze e João confessam a sua passagem pelo YouTube e refletem sobre o impacto do mundo digital na adolescência atual, Cláudio e Andreia debatem-se sobre aquilo com que mais se identificaram nos 93 minutos de vergonha alheia, vulnerabilidade e ansiedade social proporcionadas pelo filme.

No entanto, ningúem fica indiferente à prestação exemplar de Elsie Fisher que, em conjunto com os restantes jovens no elenco e o guião de Burnham, confere ao filme um realismo e autenticidade raramente vistos em filmes coming-of-age típicos.

Atenção é dada também a Josh Hamilton no papel de Mark, pai solteiro de Kayla que procura navegar a linha entre dar espaço e ajudar a filha durante esta fase onde tudo parece catastrófico.

No próximo episódio, o filme em destaque é The Wrestler (2008) de Darren Aronofsky com Mickey Rourke, Marisa Tomei e Evan Rachel Wood.

Todas as semanas, Diogo Marques, Andreia Santos, Cláudio Melo, João Malheiro e José Duarte juntam-se para discutir um filme diferente, mainstream ou underground, recente ou clássico. Partilham opiniões, análises, curiosidades, hot takes disparatados e outros temas para a mesa.

Depois, colocam o filme no ranking definitivo de todos os filmes vistos até à data, o que certamente irá causar muita controvérsia e fragilizar muitas amizades.

Espalha-Factos está em todas as plataformas de podcast, nomeadamente o Spotify, a Apple Podcasts, a Google Podcasts, a Podcast Addict e o Castbox.