Eunice Muñoz

Eunice Muñoz internada para realização de exames durante tournée da última peça da carreira

Eunice Muñoz foi internada no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, esta segunda-feira, 2 de agosto, segundo avançou a TVI. Não foram avançados pormenores acerca da razão do internamento e a neta da atriz, Lídia Muñoz, nega os rumores de enfarte e AVC. Em declarações à Noite24, da TVI24, o filho da artista, António Muñoz Borges, assegura que a mãe se encontra bem.

Segundo a TVI, a atriz de 93 anos encontrava-se em tournée com a peça A Margem do Tempo, de Franz Xaver Kroetz, e portanto fora de Lisboa. Até ao momento, não foram avançados mais detalhes e a neta da artista nega as informações avançadas por vários órgãos de comunicação social sobre o facto de a artista ter sofrido de um enfarte e AVC, pedindo ainda respeito pela “recuperação e privacidade de toda a família.”

Em declarações à TVI24, o filho da atriz afirmou que a mãe se encontra nas melhores condições de saúde possíveis “dados os seus 93 anos e a sua atividade profissional que só foi interrompida há poucos dias”. António Muñoz Borges explica ainda que essa interrupção foi devida exatamente alguma fragilidade no seu estado de saúde e foi aconselhada pelos médicos que parasse e fossem feitas análises e alguns exames para verificarem tudo o que se passa com ela”, sendo essa a razão porque se encontra internada, para realizar todos os exames necessários.

Para além disso, António Muñoz Borges volta ainda a destacar: A minha mãe está bem. Falamos esta tarde, como falamos todos os dias ao telefone. Falamos durante uns minutos e achei-a muito bem, com boa voz e, portanto, felizmente para nós, família, e para todos os que gostam dela, ela está bem”. A esperança é então, de momento, que os exames que a atriz se encontra a fazer cheguem a uma conclusão que lhe permita manter a sua energia e a sua saúde para prosseguir a sua digressão, que sublinha ser algo “que ela tem gostado muito de fazer e espera voltar a fazer o mais brevemente possível”.

Este ano, a artista completou 80 anos de carreira e foi congratulada com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada pelo Presidente da RepúblicaMarcelo Rebelo de Sousa, em Oeiras, no auditório com o nome da intérprete. Com oito décadas de carreira, Eunice Muñoz anunciou também em abril deste ano a despedida dos palcos, pelo que A Margem do Tempo é a última peça que a atriz deverá representar. A tournée tem final previsto para novembro deste ano, na Sala Garrett, do Teatro Nacional D. Maria II.

Considerada uma das maiores atrizes portuguesas de todos os tempos e uma referência para todos os colegas e artistas, Eunice Muñoz nasceu a 30 de julho de 1928 em Amareleja, no Alentejo. Iniciou a carreira no mundo do teatro com 13 anos, quando foi convidada pela atriz e encenadora Amélia Rey Colaço para interpretar o papel de Isabel na peça Vendaval, no ano de 1941. Ao longo dos anos, a artista continuou a marcar o nome no mundo do teatro, televisão e cinema português, com inúmeros trabalhos, como Hamlet (1980), Tempos Difíceis (1988), A Casa do Lago (2001), Olhos de Água (2001), Entre os Dedos (2008) e Mar de Paixão (2010).

Lê também: Eunice Muñoz: a brilhante carreira de uma das maiores artistas portuguesas