Audiências Cristina ComVida
Fotografia: Instagram / Cristina ComVida

‘Cristina ComVida’ e ‘O Amor Acontece’ fecham fim de tarde no vermelho

As duas apostas da TVI para o final de tarde, o talk-show Cristina ComVida e o reality O Amor Acontece, bateram novos mínimos na emissão desta quarta (28) e ficaram cinco pontos percentuais atrás da média diária do canal, que voltou a ser segundo no total diário.

Cristina ComVida arrancou às 18h13 a descer para um novo mínimo de audiência média, de 3,2%, o correspondente a 303 mil e 900 espectadores, com um share de 11,5%. À mesma hora, as novelas Viver a Vida (6,3% / 23,2%) e Orgulho & Paixão (5,9% / 20,1%) mantiveram-se a cerca de 10 pontos percentuais de distância. Portugal em Direto (2,6% / 9,7%) ultrapassou a TVI nos 20 minutos finais.

A RTP1 manteve-se competitiva com O Preço Certo (7,3% / 21,1%), mas viu Quem Quer Namorar com o Agricultor? (7,7% / 21,9%) a segurar a liderança do lado da SIC. Na TVI, O Amor Acontece deslizou para o pior share desde a estreia, 12%, com uma audiência média de 4,2%, a mais de 300 mil espectadores de distância da liderança.

Nos totais diários, a SIC manteve a vantagem, com 19,7% da quota de mercado diária. 16,3% foi quanto conseguiu a TVI, enquanto a RTP1 permaneceu abaixo dos 10%, com apenas 9,9% de share. A RTP2 marcou 1,7%, continuando acima da média anual, puxada pelos Jogos Olímpicos.

Nos primeiros 28 dias de julho, a SIC está com uma média de 19,2% e a TVI fica-se pelos 16,1%, com ambos os canais a recuarem 1,2 pontos percentuais face a junho. A RTP1 desce para 11,2, perdendo seis décimas, e a RTP2 sobe 0,4 pontos percentuais para 1,4%.

SIC continua em vantagem no daytime

Casa Feliz (3,8% / 19,6%) voltou a liderar frente a Dois às 10 (3,1% / 16,2%), enquanto 7 Maravilhas da Nova Gastronomia (1,8% / 9,6%) nem chegou aos 10% de share. À tarde, o programa da RTP1 piorou o desempenho, com 1,4% de audiência e 6,4% de share, estando durante vários minutos atrás da CMTV. Júlia (4,2% / 18,1%) liderou frente a Goucha (3,3% / 14,5%).

Esta semana, no podcast Fita Isoladora, o painel do Espalha-Factos discutiu os problemas da programação diária da RTP1, sublinhando a falta de competitividade do operador público perante a criatividade e investimento dos operadores privados.

Outros destaques

  • Amor Amor (12,1% / 23,9%) segura a liderança na primeira faixa de ficção contra Festa é Festa (11,7% / 23,1%). Na RTP1, à mesma hora, Quem Quer Ser Milionário: Alta Pressão (4,3% / 8,6%) ficou num distante terceiro lugar.
  • A Serra (11,2% / 25,2%) e Bem Me Quer (11,2% / 23,8%) continuam taco-a-taco, mas desta vez a vantagem foi sempre da SIC.
  • As repetições de A Espia (1,2% / 3%) e Anatomia de Grey (0,6% / 2,5%) têm afundado o prime-time da RTP1 e acabaram por prejudicar o arranque de Noite Olímpica (0,6% / 4,7%), que desceu ao pior share deste ano.
  • Walker, O Ranger do Texas (1,2% / 2,5%) destaca-se na RTP Memória e, entre os espectadores da TDT, chegou mesmo a ultrapassar a RTP1.
Dados de audiência Total Dia (Live+VOSDAL) da responsabilidade da GfK/CAEM.