Sugestões de leitura
karolina grabowska | Pexels

10 sugestões de leitura para te refrescares este verão

O Espalha-Factos elaborou uma lista de dez livros acabados de chegar às livrarias para que não te falte frescura neste verão.

Espalha-Factos reuniu uma lista de 10 sugestões de leitura acabadas de chegar às estantes das livrarias. O verão é sempre aquela altura do ano em que temos tempo para pôr as leituras em dia, quer seja entre mergulhos no mar ou num final de tarde radioso.

As sugestões compreendem livros publicados entre junho e julho deste ano em Portugal, e vão desde livros de não-ficção a thrillers, fantasia, poesia e banda-desenhada. Tudo para que tenhas um verão cheio de boas leituras!

  • Mulheres Não São Chatas, Mulheres Estão Exaustas de Ruth Manus

Mulheres não são chatas, Mulheres estão exaustas

A frase que dá título ao livro, “As mulheres não são chatas, as mulheres estão exaustas”, pôs a escritora e professora universitária Ruth Manus a refletir e a questionar sobre o impacto das regras que a sociedade patriarcal impõe às mulheres, desde sempre. Neste livro, misturando humor, perspicácia e profundidade, a escritora propõe essa mesma reflexão e interrogação de preconceitos e incertezas, a toda a gente que acredite num mundo mais igualitário entre homens e mulheres.

Em Portugal, o livro tem edição da Cultura Editora.

  • A Vida Invisível de Addie Larue de V. E. Schwab

A vida invisível de Addie Larue

Addie, num momento de desespero, sela um acordo que lhe garante imortalidade em troca da maldição de ser esquecida por toda a gente, vivendo assim, uma vida de completa solidão. Um dia, cruza-se com um rapaz que se lembra do nome dela. O que mudará depois deste acontecimento?

Com uma envolvência quase mágica, este romance leva-nos a questionar a possibilidade de vivermos sem amor, sem a sensação de pertença ou sem ser lembrado por aqueles que amamos.

A edição portuguesa é da Minotauro.

  • Autobiografia Não Autorizada de Dulce Maria CardosoAutobiografia Não Autorizada

Este é o livro perfeito para ler entre mergulhos no mar ou na piscina, pois compila 55 crónicas que a autora, Dulce Maria Cardoso, escreveu para a revista Visão. Os textos variam entre assuntos muito atuais, como, por exemplo, a pandemia que vivemos, e assuntos intemporais que nos transportam diretamente para a infância da escritora.

O livro é editado pela Tinta da China.

  • A minha irmã é uma Serial Killer de Oyinkan Braithwaite

A minha irmã é uma serial Killer

Se gostas de thrillers, mas não no verão porque te apetece algo mais leve, esta sugestão é para ti: a história, apesar de ser um thriller, é contada de uma forma trágico-cómica, com um humor bastante sofisticado. Korede, a irmã mais velha, habituou-se a resolver os problemas da belíssima, super insinuante e super amada, irmã mais nova, Ayoola. Mesmo quando esta se torna uma serial killer, Korede está lá sempre para a apoiar e consolar, ou até mesmo para limpar os locais de crime. Mas, e se a próxima vítima de Ayoola for o homem por quem a irmã está apaixonada?

Em Portugal, o livro tem edição da Quetzal Editores.

  • Vita Nova de Louise GlückVita Nova

Da vencedora do Prémio Nobel da Literatura em 2020, Louise Glück, com tradução de Ana Luísa Amaral, chega a Portugal, pela Relógio D’água, esta aclamada sequência de poemas que dramatiza o final de uma relação e o início de uma vida nova, fazendo lembrar o leitor do prazer e da dor que acompanham todos os relacionamentos.

  • A Outra Metade de Brit Bennet

A Outra Metade

Um livro que se centra na história de duas irmãs gémeas de ascendência negra, Stella e Desiree Vignes, que vivem no estado sulista do Louisiana, de onde decidem fugir com 16 anos para libertar o seu futuro. Esta fuga acaba por ditar o afastamento das irmãs durante anos, no entanto o destino das duas acaba, inevitavelmente, por se cruzar, pois é impossível renegar a metade que nos pertence.

Este é o segundo romance, e o primeiro editado em Portugal pela Alfaguarda Portugal, de Brit Bennet que não se ficou pelo inevitável tema central da raça e identidade, mas nos põe a refletir sobre o peso do passado no presente, as consequências e os limites da reinvenção pessoal e também sobre o peso da família na vida de cada um.

  • A Biblioteca da Meia Noite de Matt Haig

“Se pudesses escolher a melhor vida para viver, o que farias?”

A Biblioteca da Meia Noite

É esta a pergunta que serve de premissa para A Biblioteca da Meia Noite. Nora Seed, no limiar entre a vida e a

morte, dá por si numa biblioteca onde o relógio marca sempre meia-noite e as estantes estão cheias de livros. Cada um desses livros dá-lhe a hipótese de experimentar uma outra vida, de fazer novas escolhas, de corrigir erros, de perceber o que teria acontecido se tivesse escolhido um caminho diferente, ou seja, se teria sido mais feliz. Mas será que algum desses caminhos lhe proporciona uma vida mais perfeita do que aquela que conheceu?

Em Portugal, o livro foi editado pela Topseller.

  • Maridos e Outros Contos de Lídia Jorge

Marido e outros contos

Um livro que reúne sete dos contos de Lídia Jorge: A Prova dos Pássaros, António, Espuma da Tarde, A Instrumentalina, Testemunha, O Conto do Nadador e o mais significativo de todos, Marido, um conto muito duro e cruel, no entanto muito libertador sobre a questão da submissão com a qual muitas mulheres se debatem. A autora tem uma frase muito característica: “toda a Arte é uma revolta contra a História!”. É exatamente isso a que estes contos se propõem, a dar “voz”, através do poder da palavra, a todos aqueles que estão destinados a não ser ninguém.

O livro foi editado pela D. Quixote.

  • O Clube do Crime das Quintas-Feiras de Richard OsmanO Clube do Crime das Quintas Feiras

Se és fã de thrillers inteligentes, mas também divertidos, e adoras idosos, então esta sugestão é perfeita para ti! Um brutal homicídio acontece num bairro pacato de residências privadas para idosos. Para resolver este caso temos uma polícia com o primeiro caso em mãos, e um grupo de quatro reformados que se costuma reunir às quintas-feiras para discutir crimes que ficaram por desvendar. Será que este gangue será capaz de apanhar o assassino que anda à solta?

O fenómeno literário chega a Portugal pelas mãos da editora Planeta de Livros.

  • Apesar de Tudo de Jordi Lafebre

Apesar de Tudo

Apesar de Tudo é a obra de estreia a solo do ilustrador barcelonês, Jordi Lafebre. Este livro é uma deliciosa comédia romântica que põe tudo do avesso, ideal para ler num final de tarde de verão com o pôr do sol como pano de fundo!

Ana e Zeno são dois amantes platónicos. Ela Presidente da Câmara de uma pequena cidade, focada no trabalho, ele um espírito livre e sonhador difícil de assentar. A vida parecia empenhada em mantê-los separados, no entanto algo de surpreendente acontece.

Em Portugal o livro tem edição da Arte de Autor.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.