Júlia Pinheiro no cenário do programa Casa Feliz
Fotografia: SIC/Divulgação

‘Casa Feliz’ e ‘Júlia’ regressam à liderança em dia dominado pela SIC

Esta sexta-feira (23), Casa Feliz e Júlia voltaram a reunir a preferência dos telespectadores. Estes resultados permitiram à estação de Paço de Arcos distanciar-se da TVI no total do dia. 

O matutino da SIC, Casa Feliz, que esta semana comemorou 1 ano de emissão, registou 3,6% de audiência média e 19,4% de quota de mercado, fruto dos 338 mil telespectadores que acompanharam a emissão. Depois de ter perdido no dia anterior, o programa até começou na segunda posição, mas ainda durante a primeira parte regressou à liderança e permaneceu até ao final.

Na vice-liderança ficou o Dois às 10 (3%/ 16,7%) que fidelizou, em média, 288 mil telespectadores. Na RTP1, o especial Rumo a Tóquio (1,7%/ 12,2%) não saiu da terceira posição. 

O Jornal da Tarde (1,7%/ 9,8%), que foi emitido excepcionalmente às 11h30, foi acompanhado por 159 mil telespectadores, registando a pior marca de rating deste ano. 

Em seguida, o canal público transmitiu a Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos: Tóquio 2020 (3,8% 14,5%) e, apesar de, ter iniciado na segunda posição, acabou ultrapassado pelas duas privadas. Na liderança estava o Primeiro Jornal (7,5%/ 25,6%) e na segunda posição o Jornal da Uma (5,7%/ 19,4%), na Quatro.

Júlia (4,8%/ 19,5%) também voltou ao primeiro lugar e liderou do início ao fim, ao fidelizar, em média, 456 mil telespectadores. No segundo lugar, ficou Goucha (3,5%/ 14,2%), a uma distância superior a 120 mil telespectadores. 

Amor Amor distancia-se de Festa é Festa 

A telenovela da SIC voltou a ser o programa mais visto do dia (23) e conseguiu mais 220 mil telespectadores que a principal concorrente. Amor Amor registou 12,9% de audiência média e 26,2% de quota de mercado, sendo acompanhada por 1 milhão 220 mil telespectadores. 

Festa é Festa (10,5%/ 21,4%) não chegou à marca de um milhão de telespectadores e acabou por ter menos 700 espectadores que Bem Me Quer. A segunda novela da TVI registou os mesmos 10,5% de rating e 23,4% de share, mas foi insuficiente para derrotar A Serra. 

A trama protagonizada por Júlia Palha marcou 11,1% de rating e 25,7% de quota de mercado e permaneceu na liderança até ao final. O bloco de Quem Quer Namorar com a Agricultora (7,5%/ 20,8%) ficou na segunda posição frente a Amar Demais (7,6%/ 20,5%). 

Tempo de Amar (5,7%/ 19,7%) recuperou a liderança para a SIC e entregou-a ao diário noturno de Quem Quer Namorar com a Agricultor (2,8%/ 14,5%), que derrotou Mulheres (2,5%/ 10,7%) e o diário da noite de O Amor Acontece (1,6%/ 10,3%). Tanto a novela como o reality registaram mínimos de share. 

Nas contas totais do dia, a SIC liderou as audiências, com 19,6% de share, a uma distância de 4,2 pontos percentuais da estação de Queluz (15,4%). Longe das privadas, ficou a RTP1 com 11,9%. 

Outros destaques:

  • Linha Aberta (4,9% / 20,2%) venceu A Única Mulher (3,4% / 13,9%).
  • Ao final da tarde, Viver a Vida (6,3% / 21,8%) e Orgulho e Paixão (5,9% / 19,6%) foram líderes de audiências frente ao Cristina ComVida (3,8% / 12,9%) e à reta final do Portugal em Direto (3% / 10,7%). O informativo da RTP1 chegou à liderança nos instantes finais. 
  • No acesso ao horário nobre, o Diário dos Agricultores (7% / 20,4%) ocupou o primeiro lugar e relegou O Preço Certo (6,5% / 19,1%) para a segunda posição. O Diário de O Amor Acontece (4,5% / 13,1%) ficou na terceira e marcou o valor mais baixo de share desde a estreia.
  • Jornal da Noite (10,4% / 23,8%) derrotou o Jornal das 8 (7,5% / 17%) e o Telejornal (7,3% / 17,1%).
Dados de audiência Total Dia (Live+VOSDAL) da responsabilidade da GfK/CAEM para o dia 23 de julho.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.