BRIDGERTON
Fotografia: Liam Daniel/Netflix

‘Bridgerton’. Gravações paradas após novo caso de Covid-19

As gravações de Bridgerton foram suspensas na quarta (15) devido ao surgimento de um caso positivo de Covid-19 dentro da equipa. Apesar de retomadas no dia seguinte, voltou agora a ser colocado um travão na produção da segunda temporada deste que é um dos êxitos deste ano da Netflix. O motivo é o mesmo: mais um caso de Covid-19 no set. Desta vez, a paragem foi decretada por tempo indefinido.

Mesmo sabendo que o primeiro caso positivo foi detetado num membro da equipa, desta vez, a Netflix absteve-se de revelar se foi um integrante do elenco ou do staff a contrair o vírus. No entanto, há rumores de que se trate de um ator, dada a opção por uma paragem que será por tempo indefinido. Ao certo, sabe-se apenas que a pessoa em questão se encontra em isolamento.

Lê também: ‘Bridgerton’ retoma gravações após caso positivo de Covid-19

Estes dois casos positivos de Covid-19 surgem numa altura em que a variante Delta se espalha pelo Reino Unido, onde decorrem as gravações. Antes de as retomar, a produção quer certificar-se de que consegue um regresso com todas as condições de segurança asseguradas. A notícia foi avançada pelo Deadline, que relembra que a Netflix realiza testagem em todas as suas produções.

Apesar de pararem as gravações pela segunda vez esta semana, não se pode dizer que o percurso da série esteja a correr mal. Bridgerton foi recentemente nomeada para 12 prémios Emmy, como o de Melhor Série Dramática, onde concorre contra The Boys, The Crown, The Handmaid’s Tale, Lovecraft Country, The Mandalorian, Pose e This Is Us. Regé-Jean Page, que retrata o Duque de Hastings (e que não regressará para as próximas temporadas), está nomeado para Melhor Ator de Série Dramática. A cinematografia, os figurinos, os penteados e a banda sonora são alguns dos pontos que motivaram nomeações para os Emmy.

A série, produzida pela Shondaland, conta a história da saga de livros de Julia Quinn. Numa altura em que é produzida a segunda temporada, a terceira e a quarta já se encontram confirmadas. Tal pode explicar-se pelo título conquistado por Bridgerton, de maior série da Netflix, alcançando o recorde de 82 milhões de visualizações por família.