Audiências - EURO 2020
UEFA EURO 2020

Audiências. Final do Euro lidera na íntegra e leva ‘Agricultor’ a mínimos

A derradeira partida do Euro 2020 foi o programa mais visto deste domingo (11), levando a RTP1 a liderar o dia. Afetados saíram os principais formatos de horário nobre das privadas, que registaram audiências mais reduzidas que o habitual.

Com início perto das 20h e término já para lá das 23 horas, o jogo entre Itália e a Inglaterra rendeu 23,8% de audiência média e 45,5% de quota de mercado, fidelizando uma média de 2 milhões e 255 mil telespetadores. À mesma hora, o Jornal da Noite (7,7%/14,6%), habitualmente acima do milhão de espetadores, ficou-se por uma média de 733 mil telespetadores. Na TVI, o Jornal das 8 (5,3%/10,1%) era seguido por 505 mil telespetadores.

Depois dos informativos, a vice-liderança transitou para a TVI, com o primeiro segmento de O Amor Acontece (7,4%/13,5) e A Separação (7,2%/13,6%). Do outro lado, Quem Quer Namorar com o Agricultor? (7,3%/13,4%) registou, no primeiro bloco da noite, os valores mais baixos da temporada, tanto de audiência média como de quota de mercado. Seguiu-se O Encontro (6,6%/12,5%).

O Amor Acontece lidera depois do jogo

Com o final da partida do Euro 2020, a TVI assumiu a dianteira com o novo reality showA Reunião (8,9%/20,9%) foi o segmento de maior audiência da noite, com uma média de 842 mil telespetadores. O programa fechou com Novos Casais (6,1%/21,1%). Também na SIC o término do futebol deu o melhor segmento da noite: Confissões (8,2%/18,3%), com uma média de 777 mil telespetadores.

O programa seguiu com O Confronto (8%/21,1%) e A Chegada (5,2%/17,7%). Com o fim do programa de Queluz de Baixo, Expulsão (5,3%/19,6%) e Extra (5%/21,5%) terminaram a noite na liderança. Got Talent Portugal (3,7%/12,3%) não conseguiu aproveitar os bons resultados da partida de futebol e manteve-se no habitual terceiro lugar, com uma média de 353 mil telespetadores.

Nas contas do dia, a RTP1 liderou as audiências, com uma média de 19,6% de share, à frente da SIC (16,8%) e da TVI (12,4%). A semana que findou este domingo (11) foi a pior do ano para a TVI, com uma média de 16,1% de share. Já a SIC repetiu o pior registo do ano que tinha obtido na quarta semana do ano, com 18,5% de quota de mercado.

Outros destaques:

  • RTP1 começou o dia na liderança com o Bom Dia Portugal (1,8%/14,3%). Na última hora do informativo, a SIC assumiu a dianteira com o Olhá SIC (3,1%/15,4%).
  • Vida Selvagem (7,9%/26%) manteve-se em primeiro, com a rubrica Mesa Nacional (3,9%/12,6%) da TVI a marcar o valor de audiência média mais baixo do ano.
  • À hora de almoço, o Primeiro Jornal (8,8%/25,7%) foi acompanhado por uma média de 831 mil telespetadores, sendo o programa da SIC mais visto este domingo. Atrás, ficavam o Jornal da Uma (5,7%/16,8%) e o Jornal da Tarde (4,2%/12,4%).
  • Apesar de ter liderado, a emissão do Fama Show (7%/21,1%) marcou o valor de audiência média mais baixo do ano. Logo em seguida, o Domingão (7%/19,1%) continuou em primeiro até aos instantes iniciais da partida do Euro 2020. Na TVI, o Somos Portugal (4,6%/12,5%), emitido a partir de Porto de Mós, marcou o pior valor de rating do ano.
  • Deslocado da sua faixa habitual, o Telejornal (5,5%/13,4%) fidelizou uma média de 519 mil telespetadores, ficando na vice-liderança.

Dados de audiências da GfK/CAEM para 11 de julho. Valores Live+VOSDAL.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.