O Amor Acontece
Fotografia: D.R.

‘O Amor Acontece’. Será o novo reality da TVI um match perfeito?

O Amor Acontece é o novo reality show da TVI. A estação de Queluz regressou aos ‘programas do amor’ para competir com o Quem Quer Namorar com o Agricultor, da SIC e o Fita Isoladorapodcast semanal do Espalha-Factos, analisa a nova aposta da estação. Será que o formato tem o que é preciso para tomar de assalto o primeiro lugar aos domingos?

Ouve o episódio desta semana:

A estreia de O Amor Acontece manteve-se, em média, na liderança das audiências na faixa horária, deixando atrás o habitual programa líder na SIC, além de ter aumentado a audiência da faixa horária em que são transmitidos os diários, durante a semana.

A investida da quatro nas experiências sociais é alvo de comentário no último episódio do podcast do EF, cujo painel habitual, composto por Pedro Miguel CoelhoJoão MalheiroTiago Serra Cunha, recebe Sara Recharte e (comentadora residente do Fita Isoladora) e Marta Spínola Aguiar para avaliar o arranque do programa.

Sara Recharte considera este “um programa bonito”, com um “bom formato que tem “o sumo todo nos concorrentes”, considerando-o mais atrativo que os Agricultores. Marta Aguiar, em contrapartida, comenta que teve “vários sentimentos. Primeiro comecei a achar muita graça, mas depois comecei a achar ‘too much’. Estive num carrossel durante o programa (…) e acho que ninguém vai dar certo”, ressaltando também, em conjunto com o restante painel, a necessidade de maior diversidade nos casais a concurso.

Tiago Serra Cunha diz-se “realmente investido no programa”, que “está bem feito” e é “muito mais natural que vários outros programas deste género que têm surgido na televisão, nomeadamente os Agricultores (…) ou o Casados à Primeira Vista. Pedro Miguel Coelho acrescenta que o formato tem “um casting bem feito” e uma componente que “puxa pelo espectador” e causa “identificação” nos espectadores.

Clara de Sousa nos ‘Globos’ e ‘Gossip Girl’ em análise

Gossip Girl
Fotografia: Divulgação

Gossip Girl voltou aos ecrãs esta quinta-feira, dia 8 de julho.A história aposta mais na representatividade, e tenta ser mais provocadora e transgressora do que em 2007, mais gen-z. 14 anos depois, será que pode haver amor como o primeiro? Cátia Duarte Silva, antiga redatora do Espalha-Factos e viciada em séries, junta-se ao painel para falar sobre esta estreia.

Clara de Sousa é a escolhida para apresentar a 25.ª edição dos Globos de Ouro, da SIC. A jornalista terá a responsabilidade de suceder a Cristina Ferreira, que conquistou a melhor audiência dos últimos 15 anos. Rita Mendes, psicóloga e gestora de recursos humanos no Espalha-Factos, analisa a opção de Daniel Oliveira.

Este e todos os episódios do Fita Isoladora estão disponíveis para audição e subscrição nas plataformas SpotifyApple PodcastsGoogle PodcastsAnchorBreaker e RadioPublic.