Anatomia de Grey foi renovada para uma 18ª temporada.
Divulgação

Séries: Quais são as renovações e os cancelamentos deste ano?

Após uma temporada televisiva marcada pela pandemia de Covid-19, que veio impor limitações e alterar a forma de fazer televisão um pouco por todo o mundo, chega a altura de analisar as consequências para algumas produções ao nível das audiências, mas também de festejar as séries sobreviventes. O Espalha-Factos apresenta-te a lista de séries renovadas e canceladas após a temporada de 2020-2021.

Com o streaming a ganhar uma força significativa anualmente, as apostas dos canais de sinal aberto dos Estados Unidos nascem numa situação mais difícil do que acontecia no passado, especialmente num ano marcado pela pandemia de Covid-19. No entanto, algumas produções conseguiram garantir renovações para novas temporadas – algumas com muito êxito – e outras a conseguirem renovações inesperadas, com algumas a ficarem pelo caminho.

As renovadas

The Equalizer, 911 e Anatomia de Grey foram renovadas para novas temporadas.
The Equalizer, 911 e Anatomia de Grey foram os maios sucessos da temporada 2020-2021.

Comecemos pelas boas notícias. A lista é longa, surpreendentemente, mas é preciso mencionar as que mais se destacaram na temporada televisiva de 2020-2021. The Equalizer, protagonizada por Queen Latifah, fechou a primeira temporada como a série número 1 de ficção nos EUA. Um reboot de uma série dos anos 80 com o mesmo nome, The Equalizer estreou a 7 de fevereiro de 2021 – após a Super Bowl – conquistando uma audiência recorde de 20,4 milhões de telespectadores e um rating de 5.08 entre os 18 e os 49 anos, o principal target para as estações norte-americanas. No final da temporada, a produção contabilizou uma média de 1.18 nesta demo, terminando com a série mais vista do ano.

Atrás de The Equalizer, surge 911. A série protagonizada por Angela Bassett registou uma média de 1.05 na demo 18-49, sendo a produção mais vista da FOX e conseguido manter-se acima da estimada e poderosa Anatomia de Grey pelo segundo ano consecutivo, que fechou a sua 17.ª temporada com uma audiência de 1.02, alcançado a posição de terceira série mais vista dos Estados Unidos, um facto notável, ao tratar-se da maior audiência da ABC e por garantir um resultado tão alto 16 anos após a estreia.

Protagonizada por Matt Czuchry e Emily VanCamp, The Resident foi uma das séries renovadas pela FOX.
Protagonizada por Matt Czuchry e Emily VanCamp, The Resident foi uma das séries renovadas pela FOX. (Divulgação / FOX)

Na lista de renovadas – por ordem de sucesso decrescente – temos ainda séries como: All American, Chicago Fire, Chicago Med, 911: Lone Star, Chicago PD, NCIS, The Flash, FBI, Station 19 o spin-off de Anatomia de Grey -, Superman & Louis, Walker, Young Sheldon, The Neighbourhood, Law and Order SVU, Riverdale, Kong Fu, Law and Order OC, Blue Bloods, The Simpsons, Legacies, Magnum P.I., Batwoman, The Goldbergs, Bog Hearts Abishola, The Conners, NCIS: Los Angeles– a produção protagonizada por Daniela Ruah -, FBI: Most Wanted, The Good Doctor, The Resident, Family Guy, Young Rock, Two Sentece Horror Stories, Legends of Tomorrow, Charmed, Call Me Kat, The Rookie, B Positive, Nancy Drew, Big Sky, SEAL Team, Bob’s Burger, Bull, United States of AI, The Great North, New Amsterdam, The Outpost, Black-ish, Mr. Mayor, A Million Little Things, The Blacklist, S.W.A.T., Home Economics, Kenan e, a fechar a lista de forma inesperada devido às suas fracas audiências: Dinasty. O remake da CW continua a beneficiar da parceria com a Netflix, para o streaming ao nível doméstico e internacional, tendo assim conquistado mais um ano de produção.

Ainda renovadas, mas prontas para dizer adeus, This is Us, Supergirl, Black Lightning e Last Man Standing viram-se renovadas para apenas mais uma temporada, com This is Us a concluir dentro do timing desejado pelo próprio autor, apesar de continuar como a quarta produção norte-americana mais vista em televisão.

As canceladas

Mom, Manifest e MacGyver foram algumas das séries canceladas.
Mom, Manifest e MacGyver não sobreviveram às temporadas de 2020.

Não são muitas, mas nunca é fácil dizer adeus às séries de que gostamos mais. A temporada de 2020-2021 ficou marcada por algumas produções que estrearam já com o fim anunciado e por outras que, inesperadamente e para desgosto dos fãs,  se viram canceladas já depois de terem concluído a produção, sem espaço para conclusões de histórias e despedidas. Mom, protagonizada por Anna Faris até à sétima temporada, entrou no seu 8.º ano com Allison Janney a garantir o lugar de protagonista, mas a CBS decidiu deixar cair aquela que foi uma das sitcoms mais acarinhadas pelo seu público.

Para além de Mom, também o reboot de MacGyver se viu cancelado após cinco temporadas. A produção da CBS conseguiu uma média de 0.51 no target 18-49, mas a estação decidiu deixar mais um espaço vago na sua grelha para a temporada de 2021-2022, despedindo-se da série protagonizada por Lucas Till.

Recentemente, polémico e desgostoso, o cancelamento de Manifest após três temporadas deixou os fãs da produção da NBC na espectativa que a Netflix conseguisse salvar a produção, o que acabou por não acontecer. O fim de Manifest aconteceu em junho, deixando que a série se despedisse sem um final planeado pela equipa de escritores.

Protagonizada por Kim Catrall, Filthy Rich não conseguiu uma renovação.
Protagonizada por Kim Catrall, Filthy Rich não conseguiu uma renovação. (Divulgação / FOX)

Na lista de canceladas surgem ainda séries como: American Housewife, NCIS: New Orleans, All Rise, The Unicorn, Superstore, Prodigal Son, Mixed-ish,Rebel– a nova série da escritora de Anatomia de Grey que não conquistou o público -, Bless the Harts, For Life, Call Your Mother, Debris, Zoey’s Extraordinary Playlist, Good Girls, Filthy Rich– protagonizada por Kim Catrall, a eterna Samantha de O Sexo e a Cidade, que não estará presente no regresso da série de Sarah Jessica Parker -, Connecting, The Moodys e Next. 

Ainda sem confirmação oficial, mas com alta probalidade de serem canceladas, surgem ainda Pandora – da CW – e Clarice – da CBS – a produção inspirada na personagem de Jodie Foster em O Silêncio dos Inocentes, que marcou fracos indíces de audiências para a estação.

E no streaming?

Várias séries como The Marvelous Mrs. Maisel foram renovadas.
The Marvelous Mrs. Maisel foi uma das séries renovadas pela Amazon. (Facebook)

Com as audiências televisivas em queda, as séries dos serviços de streaming parecem ter maior facilidade em manter-se vivas, apesar de existirem algumas exceções. A plataforma de streaming da Amazon optou por renovar produções como The Boys, Hanna, Carnival Row, Modern Love, Bosch, Hunters, The Wilds, Invincible, The Expanse, The Marvelous Mrs. Maisel, Tom Cnalcy’s Jack Ryan, Undone, Upload e – surpreendentemente – Lord of the Rings. A adaptação da Amazon de O Senhor dos Anéis ainda não lançou a sua primeira temporada, mas já tem o regresso para a segunda garantido.

Já a Apple TV+,  que tem tido mais dificuldades em impôr-se, renovou produções como For All Mankind, Dickinson, See, Ted Lasso, Servant, Central Park (para 2.ª e 3.ª temporada), Truth Be Told, Theran, The Mosquito Coast e The Morning Show, a série protagonizada por Jennifer Anniston e Reese Witherspoon, cuja segunda temporada chegará a 17 de setembro deste ano.

A Disney+ renovou, para já, The World According to Jeff Goldblum para uma segunda temporada, assim como Diary of a Future President, com o destaque a ir para The Mandalorian, que consegue chegar à aguardada terceira temporada.

Euphoria foi renovada para uma nova temporada.
A nova temporada de Euphoria é uma das mais aguardadas. (HBO/Divulgação)

No universo da HBO e HBO Max, o canal por cabo e plataforma de streaming renovaram produções como: Insecure, My Brilliant Friend, Westworld, Barry, Gentleman Jack, Los Espookys, Succession, The Righteos Gemstones, Avenue 5, We’re Here, Curb Your Enthusiasm, His Dark Materials, Last Week Tonight, Last Week Tonight, Perry Mason, Real Time with Bill Maher, How to With John Wilson, Industry, A Black Lady Sketch Show, Love Life, Doom Patrol, Raised by Wolves, The Other Two, South Side, 12 Dates of Christmas, The Flight Attendant, Search Party, Selena + Chef, Close Enough, Legendary – a produção que celebra o ballroom e a comunidade LGBTQ+ -, Hacks, Harley Quinn, Warrior, Young Justice, Made for Love e a popular Euphoria, cuja segunda temporada tem estreia marcada para breve.

Na Netflix, podes contar com novas temporadas para breve de produções como: Russian Doll, The Baby-Sitters Club, After Life, Sex Education, Family Reunion, Another Life, The Witcher, Raising Dion, You, Sweet Magnolia, Outer Banks, Warrior Nun, Virgin River, Stranger Thins, Queer Eye, Never Have I Ever, Love is Blind, Locke & Key, The Last Kingdom, The Circle, Black Summer, #blackAF, Big Mouth, The Umbrella Academy, Emily in Paris, Too Hoot to Handle, Fate: The Winx Saga, Selling Sunset, Bling Empire, Ginny & Georgia, Firefly Lane, Shadow and Bone e The Upshaws.

The Crown foi renovada para duas últimas temporadas.
The Crown foi renovada para duas últimas temporadas. (Netflix / Divulgação)

Renovadas para uma última temporada pela plataforma temos ainda Lucifer – que terminará na sua 6.ª temporada -, Grace and Frankie, The Crownque conseguirá ainda mais duas, a 5.ª e a 6ª, Ozark, Dead to Me, Dear White People, Atypical, Lost in Space e On My Block.

Pelas mãos da Hulu, chegam-nos ainda renovações como The Handmaid’s Tale, The Orville, Ramy, The Great, Taste the Nation, Dollface, Crossing Swords, Solar Opposites, Woke, The Hardy Boys, Animaniacs e Wu-Tang: An American Saga.

Já nos canais por cabo americanos, destacam-se ainda a sexta temporada de Outlander, Fear the Walking Dead, Doctor Who, American Horror Story e American Crime Story. Nas despedidas, temos The Walking Dead, Better Call Saul e Killing Eve, que terminará na quarta temporada.

E em Portugal?

A Espia foi renovada para uma segunda temporada na RTP1.
A Espia foi renovada para uma segunda temporada na RTP1. (Divulgação / RTP1)

Na televisão portuguesa, podemos contar com novas temporadas de The Voice – com estreia marcada para outubro – A Espia – a produção protagonizada por Daniela Ruah, Diogo Morgado e Maria João Bastos -, Três Mulheres e Auga Seca, protagonizada por Victória Guerra. Na SIC, a novela Amor Amor viu-se renovada para uma nova temporada, tal como Patrões Fora, Isto é Gozar com Quem Trabalha e a produção exclusiva da OPTO, O Clube, que ganhou uma terceira temporada para a plataforma. Na TVI, o Big Brother voltará para uma nova edição em setembro.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.